10 filmes que marcaram a história da Animação Digital: Toy Story, Homem-Aranha no Aranhaverso, Divertida Mente, Zootopia, Soul e + [LISTA]

Por acaso, você já se perguntou quando os personagens começaram a ser animados por computador? E qual foi a primeira animação totalmente digital? Para descobrir essas (e outras) curiosidades, venha conferir a incrível história da Animação Digital.

Falando nisso, vamos além de abordar a história da Animação Digital para também falar do futuro. Por sinal, o Metaverso está cada vez mais presente para revolucionar a maneira com a qual nos relacionamos com a tecnologia, a arte, o entretenimento e o consumo.  

O que você vai conferir neste post:

7 curiosidades para descobrir a história da Animação Digital

A seguir, listamos 7 curiosidades da Animação Digital para fazer um tour pelos primórdios da linguagem. Afinal, o que hoje entendemos como essa manifestação artística vem de expressões muito antigas, tal como a manipulação de silhuetas perto de uma fonte de luz.

1. O que significa Animação Digital?

Animação Digital é a arte em que se combinam imagens para fazer movimentos fluídos, por meio do computador. Trata-se de Arte Visual e Arte Digital, pois a ilusão do movimento é focada na percepção visual, bem como a produção acontece dentro de um ambiente virtual.

2. Quem é considerado o fundador da Animação Digital?

Se você quer saber quem criou a Animação Digital, vale lembrar que uma série de profissionais atuaram em diversos campos do conhecimento. E isso inclui: inventores, produtores cinematográficos, animadores, cartunistas e assim por diante. 

Por exemplo, os irmãos James e John Whitney são tidos como os pais da animação por computador. Nos anos 1940, eles fizeram filmes experimentais com um dispositivo customizado a fim de manipular os movimentos de luzes e objetos iluminados.

3. Como surgiu a Animação Digital? E onde nasceu?

Para entender como e onde surgiu a Animação Digital, precisamos falar da Animação Tradicional. No fim das contas, essa linguagem é a precursora da criação de imagens em movimento usando os computadores, não é mesmo?

E aqui vai um spoiler: uma parte da história da Animação Digital aconteceu nos Estados Unidos, mas não apenas lá. Para exemplificar, foi na França que surgiu o praxinoscópio, sobre o qual falaremos logo adiante, entre tantas outras engenhocas. 

Mas, antes disso, vale lembrar que falaremos das invenções de Thomas Edison, irmãos Lumiére e Georges Méliès no post de Cinema, ok? Afinal de contas, as contribuições deles rendem muitas outras histórias pra contar, né?

Pré-História da Animação Digital, começando pela Animação Tradicional

  • 1659: Christiaan Huygens criou a “lanterna mágica” que tinha cenas em movimento, com imagens pintadas em vidro
  • 1824: Peter Mark Roget revelou a ilusão do movimento com o taumatrópio, que se tornou um brinquedo popular
  • 1829: Joseph Plateau desenvolveu o fenacistoscópio para demonstrar sua teoria da persistência na retina
  • 1834: William G. Horner criou o zootrópio, o tambor circular com “janelas” recortadas para olhar os desenhos em tiras
  • 1877: Émile Reynaud inventou o praxinoscópio, trazendo à luz os primeiros filmes de animação projetados
  • 1906: James S. Blackton fez a primeira tentativa de desenho animado: The Humorous Phases of Funny Faces
  • 1908: Émile Cohl criou Fantasmagorie, o primeiro desenho animado feito por um projetor cinematográfico
  • 1914: Winsor McCay lançou Gertie the Dinosaur, com uma técnica inovadora que seria adotada por Walt Disney
  • 1915: Max Fleischer inventou a rotoscopia, usando imagens reais para servir de referência nas animações
  • 1917: Quirino Cristiani veiculou El Apóstol, tido como o primeiro longa-metragem animado e sonorizado
  • 1919: Otto Messmer e Pat Sullivan criaram o personagem animado Gato Félix, ainda na época do cinema mudo
  • 1926: a diretora Lotte Reiniger lançou o longa-metragem animado Die Abenteuer des Prinzen Achmed
  • 1927: Walt Disney animou o coelho Oswald, mas perdeu os direitos autorais sobre o personagem
  • 1929: como substituto de Oswald, Walt Disney fez o rato Mickey Mouse, que logo conquistou a fama mundial
  • 1932: Flowers and Trees levou o Oscar de Melhor Curta-Metragem de Animação, com a técnica Technicolor
  • 1937: o filme Branca de Neve e os 7 Anões foi lançado com rotoscopia e técnica de multiplanos, o que rendeu um Oscar Especial

Marcos da história da Animação Digital

  • 1940: os experimentos dos irmãos Whitney revelaram a primeira fotografia de controle de movimento
  • 1958: John Whitney fez a sequência animada do filme Vertigo, de Alfred Hitchcock, junto ao designer gráfico Saul Bass
  • 1960: Charles Csuri criou a primeira animação artística computadorizada, com 30.000 imagens para chegar ao movimento do Colibri
  • 1963: Ivan Sutherland desenvolveu o sketchpad para interagir com o computador usando uma caneta especial
  • 1967: as animações japonesas, mais conhecidas como animes, começam a fazer sucesso no mundo todo
  • 1968: Nikolai Konstantinov fez o modelo matemático para o movimento de um gato, Kitty, criando a primeira animação computadorizada de um personagem
  • 1972: Fritz The Cat estreou como a primeira animação desenvolvida para o público adulto
  • 1982: o filme Tron foi produzido com alguns dos princípios e técnicas de computação gráfica
  • 1989: Richard Williams ganhou um Oscar Especial pela animação Uma Cilada para Roger Rabbit
  • 1995: Toy Story estreou nos cinemas, representando a primeira animação totalmente criada por computador
  • 1996: John Lasseter ganhou um Oscar Especial por Toy Story, pois ainda não havia uma categoria específica
  • 2002: a Academia inaugurou o categoria Oscar de Melhor Filme de Animação, com Shrek como o primeiro vencedor

Ganhadores do Oscar de Melhor Filme de Animação

  • Shrek | 2002
  • A Viagem de Chihiro | 2003
  • Procurando Nemo | 2004
  • Os Incríveis | 2005
  • Wallace & Gromit: A Batalha dos Vegetais | 2006
  • Happy Feet: O Pinguim | 2007
  • Ratatouille | 2008
  • WALL·E | 2009
  • Up – Altas Aventuras | 2010
  • Toy Story 3 | 2011
  • Rango | 2012
  • Valente | 2013
  • Frozen: Uma Aventura Congelante | 2014
  • Operação Big Hero | 2015
  • Divertida Mente | 2016
  • Zootopia – Essa Cidade é o Bicho | 2017
  • Viva: A Vida É uma Festa | 2018
  • Homem-Aranha no Aranhaverso | 2019
  • Toy Story 4 | 2020
  • Soul | 2021

4. E quanto à história da Animação Digital no Brasil?

Aqui no Brasil, a história da Animação Digital também seguiu conectada com o Cinema e a Computação Gráfica. Com isso em mente, listamos alguns marcos históricos das animações nacionais:

E, para conhecer mais curiosidades sobre a história da Animação Digital no Brasil, dê uma olhada nesse vídeo:

5. Como funciona a Animação Digital?

A Animação Digital consiste em uma sucessão de imagens estáticas que são geradas por um computador. Dessa maneira, cria-se uma sequência de objetos inanimados que contam uma história, à medida que o nosso cérebro vai assimilando tudo isso como um movimento.

Para se ter uma ideia do que estamos falando, veja esse vídeo que mostra como a Pixar faz um filme animado:

6. Quais as principais características da Animação Digital?

Para facilitar o entendimento sobre os pontos que já abordamos, segue um resumo das características da Animação Digital:

  • a Animação Digital mescla vários elementos de Arte Digital, Arte Visual e Computação Gráfica. Ou seja, o computador é usado para gerar imagens em movimento, revelando narrativas que trazem emoções à tona e promovem reflexões; 
  • primeiramente, a imagem é renderizada durante o processamento digital. Em seguida, ela é exibida na tela e, logo depois, é substituída por outra que foi ligeiramente modificada, o que nos traz a tal da ilusão de movimento;
  • existem diversos tipos de Animação Digital, incluindo: 2D, 3D, Motion Graphics e Stop Motion. Segundo o professor Francisco Demontiê, da Universidade Federal de Campina Grande, o Brasil é um dos 5 “maiores produtores de animações 3D”.

Técnicas de Animação Digital

  • Animação 2D Baseada em Vetores, inclusive usando Fantoches Digitais que são manipulados para compor a narrativa
  • CGI (Computer-Generated Imagery) ou simplesmente Animação 3D por Computador para filmes, jogos e afins
  • Motion Graphics (Gráficos em Movimento) para ilustrações básicas, apresentações dinâmicas, texto em movimento etc.
  • Stop Motion (Movimento de Paragem), com Claymation, Recorte, Figuras de Ação, Marionetes, Pixelação e Silhueta

7. Para que serve a Animação Digital?

Basicamente, a Animação Digital tem a finalidade de criar imagens em movimento utilizando computadores. E, como essa linguagem dispõe de elementos de Arte Visual e Arte Digital, ela é uma expressão cultural que reflete como a tecnologia molda o estilo de vida moderno. 

Artcetera - perfil Instagram

10 maiores Animações Digitais de todos os tempos

Com base no índice de aprovação do Rotten Tomatoes, essas são as 10 melhores animações da história:

1. Toy Story 4 (2019)

2. Homem-Aranha no Aranhaverso | Spider-Man: Into the Spider-Verse (2018)

Extra: soundtrack de Trap 

A trilha de Homem-Aranha no Aranhaverso tem um hit de Trap Music, em uma collab entre Post Malone e Swae Lee:

3. Divertida Mente | Inside Out (2015)

4. Viva: A Vida é uma Festa | Coco (2017)

5. Branca de Neve e os Sete Anões | Snow White and the Seven Dwarfs (1937)

6. Soul (2020)

Extra: soundtrack de Jazz

Falamos sobre Soul no post dos filmes de Jazz, sabia disso? Aliás, o enredo é focado em um professor de música que tinha o sonho de ser um jazzista profissional. 

7. Os Incríveis 2 | Incredibles 2 (2018)

8. Zootopia: Essa Cidade é o Bicho (2016)

9. As Aventuras de Paddington 2 | Paddington 2 (2017)

10. Up: Altas Aventuras | Up (2009)

Bônus: + 90 destaques do top 100 filmes animados do Rotten Tomatoes

  • Toy Story 3 
  • Toy Story 2 
  • Procurando Dory
  • Procurando Nemo 
  • Pinóquio
  • Uma Aventura Lego 
  • Moana – Um Mar de Aventuras
  • Toy Story 
  • Ilha dos Cachorros 
  • Kubo e as Cordas Mágicas 
  • Wolfwalkers 
  • Como Treinar o Seu Dragão 
  • Shaun, o Carneiro: O Filme 
  • WALL·E 
  • Ratatouille
  • Dumbo 
  • Raya e o Último Dragão 
  • Os Incríveis 
  • Minha Vida de Abobrinha
  • Memórias de Ontem 
  • Lego Batman: O Filme
  • A Fuga das Galinhas 
  • 101 Dálmatas 
  • A Bela e a Fera
  • O Estranho Mundo de Jack 
  • Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica
  • Monstros S.A.
  • Anomalisa 
  • A Viagem de Chihiro 
  • Túmulo dos Vagalumes
  • O Rei Leão
  • A Canção do Oceano
  • Your Name.
  • O Gigante de Ferro 
  • Tower 
  • Fantasia 
  • Uma Cilada para Roger Rabbit
  • Valsa com Bashir 
  • Como Treinar o Seu Dragão 3 
  • Luca 
  • Persépolis
  • Wallace & Gromit: A Batalha dos Vegetais
  • O Fantástico Sr. Raposo 
  • Submarino Amarelo 
  • O Serviço de Entregas da Kiki 
  • Ernest & Célestine 
  • Aladdin 
  • O Mundo dos Pequeninos
  • O Fantasma do Futuro 
  • Frozen: Uma Aventura Congelante
  • A Tartaruga Vermelha
  • Detona Ralph 2: Quebrando a Internet
  • Longo Caminho Rumo ao Norte
  • Coraline 
  • Operação Big Hero
  • Liyana 
  • Perdi Meu Corpo
  • A Ganha-Pão
  • Shaun, o Carneiro: O Filme – A Fazenda Contra-Ataca 
  • A Ratinha Valente
  • Bambi 
  • A Pequena Sereia
  • Como Treinar o Seu Dragão 2 
  • As Bicicletas de Belleville 
  • A Dama e o Vagabundo 
  • Princesa Mononoke
  • Meu Amigo Totoro
  • Operação Presente
  • Formiguinhaz
  • Uma Aventura Lego 2
  • Vida de Inseto 
  • Mary e Max: Uma Amizade Diferente 
  • Ponyo: Uma Amizade que Veio do Mar
  • Klaus 
  • Os Jovens Titãs em Ação! Nos Cinemas 
  • Bolt: Supercão
  • Enrolados
  • Shrek 2 
  • ParaNorman 
  • Frankenweenie
  • Shrek 
  • James e o Pêssego Gigante 
  • Rango 
  • Vidas ao Vento 
  • Link Perdido
  • Os Simpsons: O Filme
  • O Menino e o Mundo 
  • Snoopy & Charlie Brown: Peanuts, o Filme 
  • As Memórias de Marnie
  • Atriz Milenar

E para você, qual foi o filme que mais marcou a história da Animação Digital ou Tradicional, se preferir? Comente lá no fim do post para nos trazer insights sobre os próximos posts aqui do blog, que tal? 

50 destaques que marcaram a história da Animação Digital

Para complementar, selecionamos mais alguns destaques da história da Animação Digital. Além das películas mais vistas, vale conferir os profissionais que fizeram tudo acontecer, as trilhas sonoras icônicas, as dicas de leitura e os softwares para quem quer ser animador. 

10 animações mais assistidas da história

De acordo com a revista Recreio, essas são as 10 animações mais vistas de todos os tempos, incluindo algumas ganhadoras do Oscar:

  1. Frozen
  2. Os Incríveis 2
  3. Minions
  4. Toy Story 3
  5. Meu Malvado Favorito 3
  6. Procurando Dory
  7. Zootopia – Essa Cidade é o Bicho
  8. O Rei Leão
  9. Meu Malvado Favorito 2
  10. Procurando Nemo

10 profissionais que se destacaram na Animação Digital

Naturalmente, essa lista daria um post à parte, mas, para adiantar, veja 10 destaques desse  universo animado:

  1. Walter Elias Disney, o produtor cinematográfico que fundou o mundo mágico da Disney
  2. Galyn Susman, que salvou a animação Toy Story 2, já que a produção quase foi deletada  
  3. John Lasseter, o produtor de Carros, que ganhou o Globo de Ouro de Melhor Filme de Animação
  4. Lotte Reiniger, a alemã que foi pioneira na animação de silhuetas, com a técnica de paper cutting
  5. William Hanna, da empresa Hanna-Barbera, famoso por desenhos icônicos como Tom & Jerry
  6. Joseph Barbera, da Hanna-Barbera, conhecido por Os Flintstones, Zé Colméia e Scooby-Doo
  7. Brenda Chapman, a primeira mulher a conquistar o Oscar de Melhor Filme de Animação
  8. Mary Blair, a artista conceitual que brilhou em películas como Alice no País das Maravilhas
  9. Matt Groening, que criou as séries televisivas: Os Simpsons, Futurama e Desencanto
  10. Joanna Quinn, a diretora e animadora super premiada, com 4 BAFTAs, 2 Emmys e mais conquistas 

10 músicas de animações que fazem sucesso no mundo todo

  1. We Don’t Talk About Bruno | Encanto
  2. Happy | Pharrell Williams | Meu Malvado Favorito 2
  3. Sunflower | Post Malone | Homem-Aranha no Aranhaverso
  4. All Star | Smash Mouth | Shrek
  5. Hakuna Matata | O Rei Leão
  6. Let It Go | Frozen: Uma Aventura Congelante
  7. A Whole New World | Aladdin
  8. Hawaiian Rollercoaster Ride | Lilo & Stitch
  9. Beauty and The Beast | A Bela e a Fera
  10. Cruella De Vil | 101 Dálmatas

Artcetera - perfil Spotify

10 livros sobre Animação Digital

  1. História da Animação | Ana Beatriz Bahia e Sophia Bahia
  2. Prepare to Board! Creating Story and Characters for Animated Features and Shorts | Nancy Beiman
  3. Manual de Animação: Manual de Métodos, Princípios e Fórmulas para Animadores Clássicos, de Computador, de Jogos, de Stop Motion e de Internet | Richard Williams
  4. A New History of Animation | Maureen Furniss
  5. Arte da Animação: Técnica e Estética Através da História | Alberto Lucena Junior
  6. Animation: A World History: Volume I: Foundations – The Golden Age: 1 | Giannalberto Bendazzi
  7. Animação Digital: Animação Básica 1 | Andrew Chong
  8. The Nine Old Men: Lessons, Techniques, and Inspiration from Disney’s Great Animators | Andreas Deja
  9. Desenho para Animação: 3 | Paul Wells, Joanna Quinn e Les Mills
  10. Animated Performance: Bringing Imaginary Animal, Human and Fantasy Characters to Life | Nancy Beiman

10 melhores programas de Animação Digital

  1. Autodesk Maya
  2. Blender
  3. CelAction2D
  4. Moho (Anime Studio) Pro
  5. Opentoonz
  6. Reallusion CrazyTalk Animator
  7. Stop Motion Studio
  8. Synfig
  9. Toon Boom Harmony
  10. Tupi

Metaverso: partindo da história da Animação Digital ao futuro

Provavelmente, você já ouviu falar do Metaverso, certo? Em linhas gerais, é como se pudéssemos experimentar a Ficção Científica no dia a dia. E, diante desse universo tecnológico paralelo, a Animação Digital pode mover montanhas, literalmente. 

Com as pessoas mergulhadas em ambientes virtuais, surgem novos jeitos de consumir conteúdo. E isso vai do entretenimento até a publicidade, tal como nos seguintes exemplos: 

  • o BigscreenVR é um cinema com realidade virtual, em que se pode assistir filmes com amigos no universo virtual;
  • a Epic Games, dona do Fortnite, está investindo em estúdio focado na criação de filmes animados no Metaverso;
  • no jogo Pokemon Go, os personagens são capturados nos ambientes reais, como se eles estivessem ali mesmo;
  • o rapper Dr. Dre lançou 6 músicas diretamente no game GTA, sem passar antes por streamings como Spotify;
  • séries como Black Mirror e Love, Death & Robots nos fazem refletir sobre o papel da tecnologia na nossa vida.

Enfim, são inúmeras perspectivas para o futuro da tecnologia e das conexões humanas. Por falar nisso, quem viveu na década de 1980 esperava que, nos anos 2000, já teríamos os cenários do longa De Volta para o Futuro. Mas, agora, parece que é bem Black Mirror, né?

Por ora, vamos acompanhando o desenrolar das inovações tecnológicas e a vanguarda da arte diante disso tudo. A propósito, depois desse tour pela história (e o futuro) da Animação Digital, aproveite para ler mais posts da Artcetera e continuar nessa linha bem pra frentex:

Nos vemos no próximo artigo, principalmente se você curte uma vanguarda! 😉

Salvar