O que são os filmes Giallo? Veja 10 exemplos: Prelúdio Para Matar, A Garota Que Sabia Demais, O Ventre Negro da Tarântula, Torso e + [LISTA]

Suspense, assassinos misteriosos, terror, luvas de couro, sangue ultra vermelho e cenários incríveis. Se você gosta de algum dos elementos citados, é hora de conhecer os filmes Giallo, que vêm de um dos “movimentos” mais influentes do cinema de terror. Estamos falando do próprio, sim, ele mesmo, o Giallo Italiano.

Por sinal, há uma grande chance de você conhecer a estética dos filmes Giallo, sem nem saber do que se trata. E tá tudo bem, pois são obras pouco faladas na grande mídia, mas que têm elementos explorados pelos filmes de terror e suspense até os dias de hoje.

Enfim, vamos falar sobre o que diabos é o filme Giallo, quais suas características, quem são os diretores e as maiores obras do estilo. Segue o fio! 

Mas o que é Giallo? E o que são livros e filmes Giallo?

Antes de mais nada, vale lembrar que o termo Giallo é usado para definir tanto a Literatura quanto o Cinema desse estilo. Seus temas principais são assassinatos em série, fazendo com que um personagem se torne o principal quando tenta descobrir quem é o criminoso. 

A trama caminha com muito mistério e diversos suspeitos, sendo que somente no clímax final será revelado quem é o culpado. E, se você já acompanhou uma obra assim antes, provavelmente ela foi inspirada na estética dos livros e filmes Giallo.

Literatura Giallo

Esse subgênero literário teve seu ápice na década de 30, por meio dos livros publicados pela editora Mondadori. Na época, eles criaram o selo “Il Giallo Mondadori” (A Mondadori Amarela), com traduções italianas de romances policiais e thrillers americanos e britânicos

E foi daí que surgiu o nome: “Giallo”, que significa “amarelo” em italiano, pois as capas dos livros eram amarelas. Embora o texto de hoje seja focado nos filmes Giallo, achei importante trazer de onde veio toda a ideia, já que é um estilo específico de um tempo e espaço. 

Cinema Giallo

Aliás, apesar do sucesso literário dos anos 30, o cinema Giallo surge nos anos 60 e teve seu auge apenas nos anos 70. Por falar nisso, esse auge veio com novos elementos para as telas, que permitiam outros modos de contar uma história. Então, bora conhecer um pouco das características do cinema Giallo? 

Artcetera - perfil Spotify

Características dos filmes Giallo (films Gialli)

Para abordar os filmes Giallo, vamos abrir um parêntese para esclarecer um ponto-chave. Obviamente, nem todos os filmes são iguais. Existe muita criatividade e assinaturas próprias dentro do estilo, mas há alguns elementos que são recorrentes dentro dessas obras. 

É legal ter em mente que a Literatura Giallo era focada na resolução do crime. Por outro lado, a grande sacada dos filmes Giallo foi o foco no horror psicológico. Sabe aquele sentimento de que “algo de errado não está certo”? Quem fez isso muito bem e influenciou muuuito os diretores italianos foi Alfred Hitchcock em Psicose (1960), por exemplo. 

Falado tudo isso, tentamos listar algumas das características mais marcantes desses longas:

  • os filmes Giallo têm um trabalho significativo no campo técnico. Figurinos, direção de arte, direção de fotografia e trilha sonora são destaques. Por vezes, até superam o próprio enredo; 
  • a faca é a arma mais comumente usada e, em alguns casos, surgem as variações dela;
  • o assassino quase sempre usa luvas de couro, o que gerou uma marca para o estilo. E isso inclui aquelas cenas somente da mão, com luvas segurando e uma faca, andando atrás de sua próxima vítima;
  • títulos fortes, trazendo algo macabro e misterioso;
  • trilhas sonoras incríveis, que criam um verdadeiro ambiente de suspense. Nesse sentido, destacam-se aqui dois criadores que viraram símbolos dessas trilhas: o mestre Ennio Morricone e a banda de progressivo Goblin;
  • clima de voyeurismo, já que, como o assassino só é revelado no final, existe esse uso do “espiando algo” para mostrar sua visão;
  • a motivação do assassino costuma ser uma “insanidade” causada por traumas do seu passado. Em alguns casos, isso vem de natureza sexual, o que é retratado por flashbacks.

Lista de características check , agora vamos com os maiores filmes Giallo para conhecer melhor o gênero!

Artcetera - perfil Instagram

10 filmes Giallo que você definitivamente precisa conhecer

Aqui vai uma listinha com alguns filmes do gênero Giallo, especialmente para quem quer conhecer um pouco mais sobre. Caso você se interesse por outros, recomendo fortemente que busque pelos diretores citados aqui, porque cada um possui diversas obras no estilo. 

Outra dica é optar sempre pela versão original dos filmes. Isso porque, quando foram para o mercado estadunidense, acabaram sofrendo mudanças significativas como cortes e novas trilhas sonoras. Ou seja, o famoso raio americanizador, uma atitude muito comum para eles em longa-metragens de diversas épocas e gêneros.

E detalhe importante para os desavisados!! Apesar de serem filmes antigos, são bem violentos e com diversas cenas pra lá de ~sensuais~, ok? Em outras palavras, não recomendamos colocar no domingo em família, por exemplo… kkkkkk 

Agora vamos de listinha:

1. A Garota Que Sabia Demais | Mario Brava | 1963

A personagem principal é Nora Davis, uma jovem muito fã de Literatura policial e mistério. Ela viaja para Roma, onde ficará na casa de sua tia Edith. Na primeira noite, essa tia morre e, ao buscar ajuda, Nora testemunha um assassinato. 

A partir daí a história se desenrola em um baita mistério, já que ninguém acredita no que ela viu. No decorrer da trama, a mulher conhece o Dr. Marcello Bassi, que conta sobre um assassinato que ocorreu no mesmo lugar há 10 anos. 

Considerado como o primeiro filme do gênero, é uma boa pedida para se envolver em mistérios que parecem não ter fim. 

2. Seis Mulheres Para Um Assassino | Mario Brava | 1964

Esse filme se passa em uma Casa de Moda, logo, prepare-se para os looks incríveis. Diferente de outros do estilo, o assassino aparece, porém, de máscara. Inclusive sai matando geral para tentar achar o diário de Isabella, a primeira moça que ele assassinou, onde há evidências de quem ele (ou ela?) seria.

3. Pássaro das Plumas de Cristal | Dario Argento | 1970

O escritor Sam Dalmas testemunha a tentativa de assassinato de uma mulher dentro de uma galeria de arte. Outros assassinatos também estão ocorrendo pela cidade, o que o faz suspeitar que seja o mesmo criminoso. E, como a polícia não resolve o caso, ele decide investigar por conta própria. 

“Pássaro Das Plumas de Cristal” é o primeiro filme de Dario Argento como diretor. Uma estreia de respeito, que já evidencia alguns elementos que estariam em outros de seus filmes.

4. Lagartixa num Corpo de Mulher | Lucio Fulci | 1971

Aqui, a protagonista é a filha de um político, Carol Hammond. Essa moça tem constantes alucinações com sua vizinha, essa que é bem chegada em orgias e festinhas +18 😳 hehe. Acontece que a vizinha é encontrada morta, fazendo com que Carol seja a principal suspeita.

Esse é um dos meus favoritos da lista. Trata-se de um filme bem psicodélico e a trilha sonora de Ennio Morricone merece destaque absoluto. 

5. O Ventre Negro da Tarântula | Paolo Cavara | 1971

Trilha sonora também de Ennio Morricone, esse filme traz de volta a figura do assassino de capa e chapéu. Na trama, um policial investiga uma série de assassinatos que ocorreram no mesmo local. E o mais curioso é que o autor dos crimes usa uma agulha para paralisar as vítimas, assim fazendo-as assistir a própria morte.

6. O Que Vocês Fizeram Com a Solange | Massimo Dallamano | 1972 

Um homem trajado de maneira semelhante a um padre comete uma sequência de assassinatos, todos de mulheres que estudam em uma faculdade feminina. O namorado de uma delas é o principal suspeito. Porém, a polícia não consegue localizar quem realmente é o assassino e como fazer para evitar novas mortes. 

7. Segredo do Bosque dos Sonhos | Lucio Fulci | 1972

Esse é declaradamente o filme favorito de Lucio Fulci e tem locações de tirar o fôlego. A história é basicamente sobre um vilarejo na Sicília (Itália), que sofre com uma série de assassinatos envolvendo crianças. A cidade entra em histeria e todos viram suspeitos, à medida que o medo toma conta e o resultado, com certeza, não é dos melhores.

8. Todas as Cores do Medo | Sergio Martino | 1972 

A protagonista Jane acaba de perder seu bebê em um acidente de carro, o que a faz entrar em uma sequência de perturbações, com direito a memórias do passado e visões do futuro. Esse é um filme interessantíssimo do gênero, já que o suspense e terror está mais na via psicológica e mística do que nos assassinatos.

9. Torso | Sergio Martino | 1973 

Uma série de assassinatos em uma universidade deixam a comunidade em choque. Para tentar desanuviar a cabeça, 4 amigas decidem se refugiar em uma casa de campo, mas não esperavam ser perseguidas pelo assassino. 

Com certeza, essa foi a inspiração para diversos filmes de “psicopatas mascarados” que fizeram muito sucesso nos EUA na década de 80 e 90. Foi um longa-metragem censurado em diversos países e é considerado uma obra-prima para os fãs do gênero.

10. Prelúdio Para Matar | Dario Argento | 1975

Falando pessoalmente agora, esse é um filme que indico até para quem não é chegado no tema. A trilha da banda Goblin é sensacional, as locações são maravilhosas e Dario Argento entrega todos os elementos para um excelente filme, independente do gênero. Ah, e o nome em italiano é bem mais maneiro de falar: “Profondo Rosso”… chic d+.

A história é sobre um pianista que testemunha um assassinato, mas não consegue ver o rosto do criminoso. Intrigado com o que viu, tenta descobrir quem é o assassino e, para isso, recebe ajuda de uma jornalista. Caça e caçador são frequentemente trocados, já que o criminoso parece não gostar dessa perseguição e decide vigiá-los também.

Influência dos filmes Giallo no Cinema mundial

O Cinema Giallo influenciou outros estilos de terror mundo afora, tais como os subgêneros Slasher e Splatter, que têm abordagens diferentes. 

Exemplos de Slasher são: “A Hora do Pesadelo”, “Halloween” e “Sexta-Feira 13”, grandes clássicos do horror. Já para filmes Splatter, podemos destacar o também clássico “Despertar dos Mortos”, de George A. Romero, como maior exemplo. 

Hoje fizemos um post mais macabro 🔪🔪🔪 , especial para os fãs de suspense, horror e mistério. Mas, mesmo se você não curte muito esses gêneros, tenho certeza que os filmes Giallo vão te impressionar. Como foi falado ali em cima, são longa-metragens com um apuro estético, vale a pena só para curtir as cores e figurinos. 

Ah, e pra encerrar: o tema voltou à tona em 2018 com o remake de “Suspiria” de Luca Guadagnino, sobre o qual falamos nos filmes de dança. Por sua vez, o original é um Giallo super misterioso de ninguém menos que Dario Argento, lançado em 1977. 

Para saber mais sobre a história do Cinema e diversas recomendações pra lá de bacanas, é só seguir navegando pelo site Artcetera! E boas leituras 😉

Salvar