Veja tudo sobre o Troféu Mambembe e os destaques do Teatro em RJ e SP: intérpretes, autores, diretores, coreógrafos, figurinistas e + [LISTA]

Já ouviu o termo pejorativo “mambembe”, que costuma ser relacionado às coisas “inúteis” ou “sem graça”? Contudo, no âmbito das Artes Cênicas, ele tem uma conotação um pouco diferente. Com isso em mente, venha descobrir tudo sobre o Troféu Mambembe de Teatro.

Aliás, aqui vai um spoiler: o nome deste prêmio faz alusão aos grupos ambulantes formados por artistas amadores. Historicamente, tais companhias percorriam as cidades do interior, apresentando-se em parques e praças, de maneira similar às performances do circo. 

E, antes de seguir com as curiosidades do Troféu Mambembe, temos outro spoiler sobre a origem das peças teatrais itinerantes. Aqui no Brasil, a tradição começou com a Comédia de CostumesO Mambembe”, de Arthur Azevedo, em busca da identidade teatral brasileira.

Embora este prêmio não seja focado nas apresentações amadoras, o nome certamente surgiu da cultura popular. Então, continue conosco para conhecer absolutamente tudo sobre o Troféu Mambembe e os destaques das Artes Performáticas no nosso país. Bora lá?

7 curiosidades para conhecer tudo sobre o Troféu Mambembe

A seguir, temos 7 curiosidades do Troféu Mambembe, desde sua origem até a contribuição para o Teatro nacional. Por falar nisso, vários artistas famosos já foram premiados, como: Fernanda Montenegro, Lília Cabral, Marco Nanini, Beatriz Segall, Drica Moraes e afins.

Artcetera - perfil Spotify

1. O que é o Troféu Mambembe?

O Troféu Mambembe é um prêmio do Teatro brasileiro, com ênfase no eixo Rio-São Paulo. Ou seja, o reconhecimento é voltado para as equipes artísticas e técnicas de Rio de Janeiro e São Paulo, com comissões julgadoras que atuam em ambos os estados do Sudeste.

“A designação ‘mambembe’, dada pelo MinC, é uma homenagem aos grupos teatrais que mantêm viva a tradição de apresentar-se por todo o país, em condições nem sempre adequadas e esforçando-se para fazer o melhor.”

Mesmo sendo focado em apenas 2 estados, a proposta era ser “o maior prêmio cultural do país”. Sendo assim, o governo lançou um jornal específico para divulgar informações sobre os prêmios e ressaltar o “amor à arte”, a fim de “fazer do nosso Teatro um grande Teatro”. 

Tudo sobre o Troféu Mambembe - jornal

Fonte: CBTIJ

“Nossa obrigação, aqui, é fazer com que a palavra mambembe readquira o seu sentido verdadeiro e, assim, homenagear e fazer justiça a todos aqueles que, de forma decisiva, contribuíram para que o Teatro se transformasse, de mera forma de entretenimento, numa das áreas mais importantes e mais atuantes da cultura brasileira”.

2. Quando começou o Troféu Mambembe?

O Troféu Mambembe teve início em 1977, por iniciativa do então Ministério da Educação e Cultura (MEC). Essa premiação foi levada a efeito pelo Serviço Nacional de Teatro (SNT), sendo que as estatuetas de acrílico foram criadas pelo artista visual Aloísio Magalhães.

Tudo sobre o Troféu Mambembe - estatueta

Fonte: Espaço Aloisio Magalhães

3. Como surgiu o Troféu Mambembe?

O Troféu Mambembe tem o propósito de “premiar a produção teatral centralizada no eixo Rio-São Paulo”. Com o passar dos anos, a iniciativa foi organizada por diferentes órgãos governamentais, sendo alvo dos cortes de verba que inviabilizaram algumas premiações.

No governo Collor, por exemplo, o prêmio foi extinto em 1990 junto ao desmonte dos órgãos culturais. Já em 1993, o Mambembe voltou com outras categorias, sendo administrado pela Fundação Nacional das Artes (Funarte), que também teve problemas financeiros em 1999.

Edições do Troféu Mambembe e os órgãos organizadores

  • 1977 a 1981 | Ministério da Educação e Cultura (MEC) | Serviço Nacional de Teatro (SNT)
  • 1982 a 1985 | MEC | Instituto Nacional de Artes Cênicas (Inacen)
  • 1986 | Ministério da Cultura (MinC) | Inacen
  • 1987 a 1989 | MinC | Fundação Nacional de Arte (Fundacen)
  • 1990 a 1992 | Prêmio extinto na época do governo Collor
  • 1993 | MinC | Instituto Brasileiro de Arte e Cultura (IBAC)
  • 1994 a 1998 | MinC | Fundação Nacional de Artes (Funarte)
  • 1999 a 2001 | Cortes no orçamento da Funarte inviabilizam a premiação
  • 2002 em diante | Funarte

Hiatos no Prêmio Mambembe

De acordo com o Diário do Grande ABC, os artistas relatam o descaso do governo, o que levou ao manifesto Arte contra a Barbárie. Nas palavras de um dos signatários, Oswaldo Mendes, “entregaram a cultura brasileira à sanha do livre mercado e tiraram o corpo fora”.

Artcetera - perfil Instagram

4. Quantas categorias tem o Troféu Mambembe?

Ao todo, o Troféu Mambembe tem 15 categorias, mas nem todas foram concedidas em uma base anual. Enquanto algumas delas surgiram no decorrer dos anos, outras “pularam” certas edições, lembrando que o prêmio em si também teve vários hiatos. 

5. Quais as categorias do Troféu Mambembe?

Em diferentes momentos da premiação, o Mambembe já contou com as seguintes categorias:

  • Ator
  • Ator Coadjuvante
  • Atriz 
  • Atriz Coadjuvante
  • Autor
  • Autor de Peça Nacional
  • Cenógrafo
  • Diretor
  • Especial
  • Figurinista
  • Grupo, Movimento ou Personalidade
  • Iluminador
  • Produtor ou Empresário
  • Revelação
  • Revelação Infantil

6. Quem financia o Troféu Mambembe?

Por ser uma iniciativa governamental, essa premiação é financiada por recursos públicos. Em geral, instituições como a Funarte destinam verbas para projetos de fomento cultural, incluindo o Troféu Mambembe, o lançamento de livros como “Kalma Murtinho, figurinos” etc.

7. Quem vota no Troféu Mambembe?

O júri que vota no Mambembe é formado a cada ano, com pessoas indicadas pela entidade organizadora. Basicamente, essas comissões julgadoras são formadas por jornalistas culturais, artistas, equipe técnica e, também, membros dos órgãos governamentais.  

Agora que falamos das curiosidades sobre o Troféu Mambembe, vamos aos destaques da premiação. Por sinal, já falamos aqui no blog sobre uma das coreógrafas premiadas com o espetáculo Rota, a talentosa carioca Deborah Colker!

7 destaques para descobrir tudo sobre o Troféu Mambembe

Daqui em diante, confira os principais destaques do Troféu Mambembe, desde sua criação em 1977. Afinal de contas, os artistas e profissionais da equipe técnica são os verdadeiros responsáveis pelos espetáculos grandiosos que adoramos assistir.

1. Maiores vencedores da história do Troféu Mambembe

  • Ciça Modesto | 5 estatuetas
  • Lília Cabral | 3 estatuetas
  • Walderez de Barros | 3 estatuetas
  • Beatriz Segall | 2 estatuetas
  • Benjamin Santos | 2 estatuetas
  • Carlos Loffler | 2 estatuetas
  • Carlos Wilson | 2 estatuetas
  • Drica Moraes | 2 estatuetas
  • Eduardo Tolentino de Araújo | 2 estatuetas
  • Felipe Martins | 2 estatuetas
  • Fernanda Montenegro | 2 estatuetas
  • Henrique Diaz | 2 estatuetas
  • Lúcia Coelho | 2 estatuetas
  • Ilo Krugli | 2 estatuetas
  • João Gomes | 2 estatuetas
  • Lola Tolentino | 2 estatuetas
  • Marcello Caridade | 2 estatuetas
  • Maurício Sette | 2 estatuetas
  • Naum Alves de Souza | 2 estatuetas
  • Rogéria | 2 estatuetas

2. Artistas que ganharam o Troféu Mambembe

  • Alby Ramos | Ator
  • Alice Viveiros de Castro | Atriz
  • Alinne Moraes | Atriz
  • André Felipe Mauro | Revelação
  • Andréa Dantas | Atriz
  • Beatriz Segall | Atriz
  • Bia Nunes | Atriz
  • Camila Pitanga | Atriz
  • Carlos Loffler | Ator e Ator Coadjuvante
  • Carlos Palma | Ator
  • Carmen Frenzel | Atriz
  • Carolina Virguez | Atriz Coadjuvante
  • Clara Carvalho | Atriz
  • Clarisse Derziê | Atriz
  • Cláudia Abreu | Atriz
  • Cláudia Raia | Atriz
  • Cláudio Mamberti | Ator
  • Cristiana Maia | Atriz
  • Cristina Pereira | Atriz
  • Drica Moraes | Atriz
  • Dudu Sandroni | Revelação
  • Ednaldo Eiras | Ator
  • Emília Rey | Atriz
  • Emmanuel Santos | Ator
  • Fábio Pilar | Revelação
  • Felipe Martins | Revelação (Infantil) e Ator
  • Fernanda Montenegro | Atriz
  • Fernando Berditchevsky | Revelação
  • Glória Menezes | Atriz
  • Glória Pires | Atriz
  • Grace Gianoukas | Atriz
  • Gilberto Gawronski | Ator
  • Guilherme Piva | Ator Coadjuvante
  • Hebe Cabral | Atriz Coadjuvante
  • Heloísa Périssé | Atriz Coadjuvante
  • Henrique Diaz | Ator
  • Jane Thomé | Atriz Coadjuvante
  • Jorge Dória | Ator
  • José Mauro Brant | Ator
  • Leandra Leal | Atriz
  • Lília Cabral | Atriz
  • Lúcia Maria Dantas | Revelação
  • Luís Duarte | Revelação
  • Luís Salém | Ator Coadjuvante
  • Luiz Carlos Tourinho | Ator
  • Luiz Fernando Bavier | Revelação
  • Maneco Bueno | Ator
  • Marcello Caridade | Ator
  • Márcia Duvalle | Atriz Coadjuvante
  • Marco Antonio Palmeira | Ator
  • Marco Aurélio Hammelin | Ator Coadjuvante
  • Marco Nanini | Ator
  • Marcos Avalone | Ator
  • Mário Mendes | Ator
  • Mauro César | Ator Coadjuvante
  • Miguel Magno | Ator
  • Milton Dobin | Ator
  • Nathália Timberg | Atriz
  • Nicette Bruno | Atriz
  • Nicolai Nunes | Revelação
  • Paloma Riani | Atriz Coadjuvante
  • Paulo Autran | Ator
  • Paulo Bibiano | Ator Coadjuvante
  • Pedro Lima Verde | Ator Coadjuvante
  • Raul Farias Lima | Revelação
  • Renata Sorrah | Atriz
  • Ricardo Blat | Ator
  • Roberto Santos | Revelação
  • Rogéria | Atriz
  • Ronaldo Florentino | Revelação
  • Rosane Gofman | Atriz
  • Rubens Camelo | Ator
  • Sebastião Vasconcelos | Ator
  • Selma Lucchesi | Atriz
  • Silvia Aderne | Atriz
  • Sônia Guedes | Atriz
  • Sônia Praça | Atriz Coadjuvante
  • Susanna Krüger | Atriz
  • Suzana Barreto | Atriz
  • Teca Pereira | Atriz Coadjuvante
  • Tereza Piffer | Atriz
  • Vera Holtz | Atriz
  • Vera Setta | Atriz
  • Vicente Maiolino | Revelação
  • Waldemar Sillas | Ator
  • Walderez de Barros | Atriz
  • Walmir Panfili | Revelação

3. Autores e diretores que venceram o Troféu Mambembe

  • Benjamin Santos | Autor de Peça Nacional
  • Cacá Mourthé | Diretor
  • Caíque Botkay | Autor
  • Celso Lemos | Diretor
  • Cora Rónai | Autora
  • Eduardo Tolentino de Araújo | Diretor
  • Eduardo Woytzik | Diretor
  • Eugênio Santos | Diretor
  • Fernanda Lopes de Almeida | Autora de Peça Nacional
  • Fernando Berditchevsky | Diretor
  • Filipe Miguez | Autor
  • Flávio de Souza | Autor de Peça Nacional
  • Gianfrancesco Guarnieri | Autor
  • Guilherme Guaral | Autor
  • Ilo Krugli | Diretor
  • João das Neves | Autor
  • João Falcão | Diretor
  • José Lavigne | Diretor
  • Karen Acioly | Autora
  • Lúcia Coelho | Autora e Diretora
  • Luciana Sandroni | Autora
  • Luiz Carlos Ripper | Diretor
  • Luiz Duarte | Autor
  • Lygia Bojunga Nunes | Autora
  • Maria Clara Machado | Autora
  • Marília de Castro | Diretora
  • Marilú Álvares | Autora
  • Miguel Falabella | Diretor
  • Miguel Reade | Autor
  • Moacyr Góes | Diretor
  • Naum Alves de Souza | Autor de Peça Nacional
  • Ricardo Kosovski | Diretor
  • Rogério Blat | Autor
  • Sergio Melgaço | Autor
  • Sura Berditchevsky | Diretora
  • Tim Rescala | Autor
  • Tonio Carvalho | Autor
  • Vinícius Marques | Autor
  • Vladimir Capella | Diretor
  • Yacov Hillel | Diretor

4. Coreógrafos e coreógrafas premiados com o Troféu Mambembe

  • Alejandro Ahmed
  • Deborah Colker 
  • Henrique Rodovalho
  • Ivaldo Bertazzo
  • Marcia Milhazes
  • Sérgio Marimba

5. Prêmios especiais do Troféu Mambembe

  • Agnes Moço
  • Angel Vianna
  • Anna Letycia
  • Aurélio de Simoni
  • Beatriz Bedran
  • Bloco da Palhoça
  • Carlos Wilson
  • Chico Buarque de Hollanda
  • Cia. Nósconosco
  • Cia. Truks de Teatro de Animação 
  • Daniela Visco
  • Duda Maia 
  • Eveli Fischer
  • Fernando Santana
  • Grupo Feliz-Meu-Bem
  • Grupo Manhas & Manias
  • Grupo Navegando
  • Grupo Opinião
  • Jorginho de Carvalho
  • Manoel Kobachuck
  • Marcello Mello
  • Marcílio Barroco
  • Marcos e Raquel Ribas
  • Maria Luisa Lacerda
  • Mauro Perelman 
  • MOTIN – Movimento de Teatro Infantil
  • Nelly Lapport
  • Nelson Melim
  • Patrícia e Raquel Durães
  • Ronaldo Mota
  • Ricardo Bandeira
  • SESC
  • Ubirajara Cabral

6. Membros da equipe técnica reconhecidos com o Troféu Mambembe

  • Ana Letícia | Figurinista
  • Augusto Francisco | Figurinista
  • Aurélio de Simoni | Iluminador
  • Bia Lessa | Produtora
  • Carlos Wilson | Cenógrafo
  • Célia Bispo | Figurinista
  • Cláudio Tovar | Cenógrafo
  • Ciça Modesto | Cenógrafa e Figurinista
  • Cláudio Carpenter | Figurinista
  • Elvira Rocha | Produtora
  • F. E. Kockocht | Figurinista
  • Grupo Além da Luz | Produtores
  • Grupo Hombu | Cenógrafos
  • Grupo O Ponto | Figurinistas
  • Grupo Tapa | Produtores
  • Ilo Krugli | Figurinista
  • J. C. Serroni | Cenógrafo
  • João Gomes | Cenógrafo e Figurinista
  • João Gomes Rego | Cenógrafo
  • Kalma Murtinho | Figurinista
  • LD | Produtores
  • Lessa de Lacerda | Figurinista
  • Lídia Kosovski | Figurinista
  • Lola Tolentino | Figurinista
  • Luís Antônio Rocha | Produtor
  • Maria Carmen de Souza | Cenógrafa e Figurinista
  • Maurício Sette | Cenógrafo
  • Naum Alves de Souza | Figurinista
  • Nydia Lícia | Produtora
  • Olinto Sá | Cenógrafo
  • Pedro Sayad | Figurinista
  • Ricardo Venâncio | Figurinista
  • Rodrigo Farias Lima | Produtor
  • Rosa Magalhães | Figurinista
  • Sérgio Silveira | Figurinista
  • Spechio | Produtores
  • Studio Nove | Produtores
  • Teatro Orgânico Aldebarã | Cenógrafos
  • Tereza Frota | Figurinista
  • Vicente Maiolino | Cenógrafo

7. Exemplos de espetáculos que ganharam o Troféu Mambembe

  • Ciranda dos Homens – Carnaval dos Animais | Ivaldo Bertazzo
  • José Ulisses da Silva | Núcleo Viladança
  • Registro | Quasar
  • Rota | Cia. Deborah Colker

E, agora que você já conhece tudo sobre o Troféu Mambembe, que tal conferir as outras premiações do Teatro? Para tal, uma boa pedida é ler os posts da Artcetera sobre o Cenym e o Tony, que têm mais destaques das Artes Performáticas no Brasil e no mundo! 🎭

Salvar