Tudo sobre a artista Liniker: biografia, curiosidades, músicas, shows, papéis de Cinema/TV, frases, entrevistas, redes sociais, recordes e +

Sabe aquelas vozes que nos tocam profundamente e parecem dizer que tudo faz sentido no universo? Pois foi assim que eu me senti pela primeira vez que ouvi as canções da Liniker e, sem dúvida, esse mood continua a cada vez que eu ouço a potência vocal dessa mulher.

A cantora segue brilhando em carreira solo e tem se firmado como uma das maiores vozes do país. Por sinal, seus 3 primeiros vídeos do Youtube tiveram 5 milhões de views logo nos primeiros dias. Atualmente, o hit Zero bateu o recorde de 38 milhões de visualizações. 🤯 

Por essas e por outras, preparamos um post para falar sobre essa brasileira que já ganhou o mundo. Então, continue conosco para conhecer a biografia da Liniker e seu talento em muitas expressões artísticas, principalmente envolvendo as linguagens de Música e Teatro

3 curiosidades sobre a Liniker

Logo adiante, temos algumas curiosidades sobre a artista Liniker. Mas, antes disso, dê uma olhada em sua performance do hit Vitoriosa, por meio da iniciativa YouTube Black Voices. Com certeza, faltariam palavras para descrever a grandiosidade do talento dessa mulher.

1. Quem é a Liniker?

Liniker de Barros Ferreira Campos é uma cantora, compositora, artista visual e atriz brasileira. Em 2015, ela ganhou notoriedade com a banda Liniker e os Caramelows e, desde 2020, decidiu seguir carreira solo, em um mix de Soul Music, Blues, R&B e MPB

A artista de Araraquara já fez turnês pelo Brasil todo e performou em cerca de 20 países. Aliás, o álbum Indigo Borboleta Azul reflete “a pluralidade de sentimentos transformados em músicas para retratar o seu novo eu e que continua – pulsante -, se transformando”.

Em se tratando de transformação, representatividade e ancestralidade, confira as palavras dela na entrevista ao Ecoa:

“Sempre vou falar sobre afeto. Acho que tentando sempre fazer com um olhar diferente, mas afeto é a minha força motriz de trabalho. E isso também é político para mim. Porque é como eu reivindico minha existência sendo preta, sendo trans, sendo LGBTQIA+. 

Acho que o que mudou é que agora não é mais a Liniker de lá do começo da carreira, que apareceu na mídia escrevendo cartas de amor que ela nunca entregou. Não, agora o amor da Liniker é ela mesma. É sobre autoamor”.

2. Quando a Liniker começou na Música?

O talento dela foi revelado quando estava na 6ª série, ao cantar na apresentação de Dia das Mães da escola. Como vem de uma família de músicos, a cantora paulista foi influenciada pelos ritmos ligados à Black Music, assim como os sons de Jazz e Samba

Por outro lado, ela demorou alguns anos para seguir a carreira musical, o que nos leva ao próximo tópico. Sendo assim, siga a leitura para descobrir como a potência vocal da Liniker conversa com sua expressão visual e performática, mesclando várias expressões artísticas. 

3. Como foi o começo da Liniker na Música e no Teatro?

Antes de fazer sucesso como cantora e compositora, Liniker começou a estudar Teatro, em Santo André, em 2014. Em meio às Artes Cênicas, ela criou sua identidade visual, com turbantes, batons, brincões, bigodes, saias e outros elementos que quebram paradigmas.

“Eu me visto assim no meu dia a dia e sentia que precisava mostrar isso para o público, ser o mais transparente possível. Por que colocar uma calça jeans e uma camiseta e mostrar meu trabalho só com a voz? Meu corpo é um corpo político. Preciso mostrar para as pessoas o que estou passando. ‘Este é o Liniker, um cara pode usar um batom, turbante e cantar’. Isso não me distancia de nada. Sou um artista desse porte”, contou ao El País.

Da banda Liniker e os Caramelows à carreira solo

Em 2015, ela formou a banda Liniker e os Caramelows com músicos de Araraquara, no interior de São Paulo. Como já mencionamos, o EP Cru virou um fenômeno do Youtube logo no lançamento, sendo que as 3 primeiras músicas foram compostas pela própria Liniker. 

Em 2020, a cantora optou por seguir carreira solo, uma vez que quer se dedicar aos outros projetos. Em paralelo às suas canções autorais, ela tem feito trabalhos ligados ao Cinema, Teatro e Televisão, incluindo a série Manhãs de Setembro, na Amazon Prime. 

10 músicas mais famosas da Liniker

A seguir, listamos 10 músicas famosas da Liniker, mas, com certeza, elas não são as únicas. De acordo com o portal Alma Preta, as marcas registradas dela são “a grandeza de brincar com os timbres da sua voz e a produção musical detalhista”. E aí, o que você acha? 

Artcetera - perfil Spotify

1. Zero

2. Calmô

3. Intimidade

4. Tua

5. Sem Nome, Mas Com Endereço

6. Bem Bom

7. Baby 95

8. Psiu

9. Louise du Brésil

10. De Ontem

7 maiores shows da Liniker

Enquanto aguardamos a performance da Liniker no Rock in Rio junto com Luedji Luna, que tal conferir os shows anteriores? A propósito, já falamos aqui no blog sobre a apresentação internacional no Tiny Desk – NPR, lembra? E tem muito mais de onde isso veio! Segue o fio! 

Artcetera - perfil Instagram

1. Paris Jazz Festival

2. Millennium Park Summer Music Series

3. #YouTubeBlack Voices com Orquestra Sinfônica Heliópolis

4. NPR Music Tiny Desk Concert

5. BBB com Luísa Sonza

6. Festival Plural

7. Cultura Livre

Mais 8 destaques para além da biografia da Liniker

Para finalizar, listamos mais alguns destaques para quem quer descobrir absolutamente tudo sobre a Liniker. Por falar nisso, caso você conheça outra curiosidade sobre essa artista maravilhosa, fique à vontade para comentar no final do artigo, ok?

1. Discografia da Liniker

  • Cru | 2015
  • Remonta | 2016
  • Goela Abaixo | 2019
  • Indigo Borboleta Anil | 2021

Singles e collabs da Liniker

  • Bolso Nada com Francisco, el Hombre | 2016
  • Amianto com Supercombo | 2017
  • Flutua com Johnny Hooker | 2017
  • Serei A com Linn da Quebrada | 2017
  • Amor Acidente com Rodrigo Alarcon | 2018
  • O Trem Azul com Samuca e a Selva | 2018
  • Preciso Me Encontrar com Ilú Obá de Mim
  • Oração com Linn da Quebrada | 2019
  • Foi Você, Fui Eu com Elza Soares | 2019
  • Talismã com Amanda Magalhães | 2020
  • Via Láctea com CÉU | 2020
  • Gente Aberta com Letrux, Luedji Luna, Maria Gadú e Xênia França | 2020
  • Psiu | 2021
  • Baby 95 | 2021
  • Amor Pra Recordar com Gaby Amarantos | 2021
  • Rainha de Copas com Majur | 2021
  • Intimidade com Agnes Nunes | 2021
  • O Melhor do Mundo com Péricles | 2021
  • Diz Quanto Custa com Tássia Reis, Mahmundi e Vitor Hugo | 2021
  • Baby 95 – 2 com Mahmundi, Tássia Reis e Tulipa Ruiz | 2021
  • Lalange com Milton Nascimento | 2021
  • Pequenina com Criolo, MC Hariel, Maria Vilani e Jaques Morelenbaum | 2022

2. Filmografia da Liniker

  • Bixa Travesty | 2018
  • 3% | 2018
  • Manhãs de Setembro | 2021

3. Prêmios recebidos pela Liniker

  • WME Awards | Álbum Indigo Borboleta Anil
  • Poc Awards | Artista do Ano | Voto Popular
  • Prêmio Arcanjo de Cultura | TV Streaming | Manhãs de Setembro
  • Prêmio Geração Glamour | Atriz do Ano | Manhãs de Setembro
  • Teddy Award | Bixa Travesty | Melhor documentário LGBTQIA+
  • Prêmio Multishow de Música Brasileira | Melhor Grupo | Revelação
  • Grammy Latino | Indicação para Melhor Álbum de Rock ou Música Alternativa em Língua Portuguesa | Goela Abaixo

4. Principais matérias e entrevistas da Liniker

5. Frases famosas da Liniker

  • “Meu corpo é um corpo político. Preciso mostrar para as pessoas o que estou passando.”
  • “Ser uma mulher com um pau é revolucionário.”
  • “Se você está aí, se sente reprimido e também tem vontade de colocar seus demônios para fora, mostrar quem você realmente é, coloque-se.”
  • “As pessoas precisam saber que eu sou negro, pobre e gay e posso ter uma potência também.”
  • “Um dos meus maiores desejos como artista é: bote para fora quem você é, não tem problema.”
  • “Queria que as pessoas sentissem como eu me sinto quando escuto esse tipo de música: uma coisa que pulsa, que não tem como conter.”
  • “Sou dona do meu corpo e das coisas que escolho para mim.”
  • “Afeto é a minha força motriz de trabalho. E também é político.”
  • “Precisava compor para mim.”
  • “O corpo é meu. Eu que tenho liberdade sobre ele. Se tenho minha inteireza, por que você quer colocar seu bedelho em mim? Quem é você para ditar regras que eu tenho que seguir? Cada um é cada um, cada corpo é uma história.”
  • “Sei que sou um corpo livre, que pode ser empoderado e trazer suas questões para o trabalho artístico.”

6. Canais e redes sociais da Liniker

7. Estatísticas da Liniker

Em julho de 2021, o portal Gris Lab relatou as seguintes estatísticas da cantora e compositora:

  • Spotify: 724 mil ouvintes mensais
  • 3,5 milhões de visualizações no YouTube
  • Instagram: 750 mil seguidores
  • Twitter: 24 mil seguidores

8. Recordes da Liniker

Em 2017, o site da Red Bull publicou uma matéria sobre o “sucesso estrondoso” da cantora:

“Quanto tempo um artista precisa para conquistar alguns milhares de corações? Bom, Liniker apareceu tem pouco mais de seis meses e já deve ser dono de algum recorde nessa, digamos, modalidade.”

Por enquanto, ainda não encontramos uma contagem específica dos recordes dessa artista. Em todo caso, é inegável que a cantora e compositora Liniker mora nos nossos corações! Falando nisso, temos diversos posts na Artcetera que falam dela, direta ou indiretamente:

  • livro: Vozes Transcendentes: Os Novos Gêneros na Música Brasileira
  • 13 artistas trans que todos nós preicsamos conhecer (e reconhecer)
  • 100 frases de músicas para se inspirar e até mesmo colocar no status

Até os próximos posts!

Salvar