10 arrasta-pé da história do Forró com: Luiz Gonzaga, Falamansa, Wesley Safadão, Os Barões da Pisadinha, Dominguinhos, Elba Ramalho e mais

Onde há sanfona, há poeira. Onde há forró, há uma alegria tão espremida entre a dor e a tristeza, que chega a ser um milagre”. Se você se identificou com esse Cordel para um sanfoneiro, vem com a gente descobrir a história do Forró.

Neste artigo, você vai conhecer uma das expressões artísticas típicas do Nordeste brasileiro. A propósito, os bailes de Forró ainda envolvem Arrasta-pé, Xote (Pisadinha), Coco de Roda, Xaxado, Rojão, Frevo e, claro, Baião.

Por falar em Baião, esse gênero influenciou (e muito) a história do Forró. Para entender como isso aconteceu, vale assistir “Dominguinhos Canta e Conta Gonzaga”. Aliás, este documentário foi lançado no centenário do Rei do Baião, Luiz Gonzaga

5 curiosidades para conhecer a história do Forró

Que tal levantar a poeira para conhecer melhor a história do Forró? Enquanto isso, aproveite para ouvir uma playlist típica do arrasta-pé!

Artcetera - perfil Spotify

1. O que é o Forró?

Será que você realmente sabe o que significa Forró, tanto na música, quanto na dança? Nesse caso, o nome vem da palavra “forrobodó”, que faz alusão à farra e confusão, além dos bailes de arrasta-pé. 

Em outras palavras, o Forró é uma festa popular no Nordeste e tem tudo a ver com as Festas Juninas (São João). Assim, o gênero musical e a dança Forró fazem parte dessa manifestação cultural nordestina, que depois se espalhou do Oiapoque ao Chuí.

2. Quem é considerado o fundador do Forró?

Quando falamos sobre quem criou o Forró, automaticamente pensamos em Luiz Gonzaga, não é mesmo? Afinal, o marco inicial da popularização deste gênero musical é a gravação “Forró de Mané Vito”, em 1950. Desde então, os “dois pra lá e dois pra cá” da dança do Xote passaram a acompanhar os forrozeiros.

 Em paralelo, também podemos citar outros destaques da história do Forró, como:

Artcetera - perfil Instagram

3. Como surgiu o Forró? E onde nasceu?

Para saber onde surgiu o Forró, vamos fazer um passeio pelo Nordeste do Brasil. No século XIX, em Pernambuco, já aconteciam os bailes populares que deram origem ao ritmo. E esses eventos tinham influências de culturas: indígena, africana, portuguesa e holandesa. 

Nessa época, as “pistas de dança” ainda eram feitas de barro, o tal “chão batido”. Portanto, as pessoas costumavam dançar “arrastando o pé” de modo que a poeira não levantasse. E foi daí que surgiu o nome “arrasta-pé”, sabia?

Com músicas de Luiz Gonzaga, o Forró Tradicional se popularizou no país todo a partir de 1950. Já o Forró Universitário veio à tona na década de 1970, com a influência do Samba, Pop, Reggae, Rock e Funk. Por sua vez, o Forró Eletrônico ganhou força em 1990, com elementos de Axé, Lambada e Música Sertaneja, além de Pop e Rock.

Por falar nisso, confira um infográfico que mostra as diferentes fases da história do Forró:

história do forró - fases

Fonte: G1

4. Quais são as características do Forró?

  • Artistas contam (e cantam) o dia a dia do povo, principalmente das pessoas que moram no sertão
  • Esse ritmo alegre é uma manifestação cultural da tradição nordestina, seja na música ou na dança
  • Os principais instrumentos musicais do Forró Tradicional são: acordeon, sanfona (zabumba) e triângulo
  • No Forró Universitário, entram em cena mais instrumentos, como: violão, bateria, percussão e contrabaixo
  • Já no Forró Eletrônico, os instrumentos incluem: guitarra, contrabaixo, saxofone e órgão eletrônico
  • A celebração do Dia Nacional do Forró acontece em 13 de dezembro, no aniversário de Luiz Gonzaga

Tipos de Forró

história do forró - xilogravura

Xilogravura de J. Borges: O forró do amor

5. Quem são os maiores nomes do Forró de todos os tempos?

Segundo o Especial: Grandes nomes do Forró, 7 forrozeiros se eternizaram na história do Forró:

Adicionalmente, o portal Papo Cult indica os 10 artistas de forró mais ouvidos em 2020:

Além disso, listamos outros grandes nomes da história do Forró, seja pé-de-serra, eletrônico ou universitário:

Na sua opinião, quem mais tem um arrasta-pé que marcou a história do Forró? Conta pra gente!

 - Find & Share on GIPHY

10 músicas para levantar a poeira com a história do Forró

Finalmente, chegamos ao momento do arrasta-pé, com 10 músicas que marcaram a história do Forró. Então, vamos levantar poeira ao som desse ritmo contagiante!

1. O Xote das meninas

Sabia que “O Xote das meninas” usa metáforas para falar do ciclo da vida? Vale conferir a letra da música de Luiz Gonzaga e Zé Dantas, que também foi gravada por Marisa Monte.

2. Xote dos milagres

Você já se perguntou sobre o significado do “Xote dos milagres”, do Falamansa? Pois bem, a youtuber Jout Jout diz que essa música foi feita para a mãe do vocalista Tato. Será? 🤔 

3. Ele é ele, eu sou eu

Em janeiro de 2021, o hit do Wesley Safadão “Ele é ele, eu sou eu” ficou em 1º lugar no Spotify Brasil. Nessa plataforma, outros destaques dele são: “Último Beijo” e “Não Valeu”.

4. Anunciação

Alceu Valença mescla Forró com MPB em hits como “Anunciação”. Por sinal, essa música tem muitas interpretações: amor, religião, nascimento de filhos e até mesmo ditadura militar.  

5. Fiquei sabendo

Os Aviões do Forró continuam fazendo sucesso com hits como “Fiquei sabendo”, apesar do término da banda. De quebra, os ex-vocalistas (Xand e Solange) seguem suas carreiras solo.

6. Abri a porta

Na parceria entre Dominguinhos e Gilberto Gil, “Abri a porta” ganhou muito mais popularidade. Originalmente, o hit é da banda A Cor do Som, com músicos que acompanhavam os Novos Baianos.

7. Quero ver é me esquecer

Ao som de Tecnobrega e Forró Eletrônico, Os Barões da Pisadinha ficaram famosos com a ajuda de Neymar. Isso porque o jogador de futebol divulgou a música deles em seu Instagram.

8. Chão de giz

De acordo com a Rolling Stone, Zé Ramalho está entre os maiores artistas da Música Brasileira. Junto ao Forró, o estilo dele envolve: Folk Rock, Blues, Frevo, Country e mais.

9. Ai que saudade d’ocê

A estrela Elba Ramalho começou sua carreira tocando bateria no grupo de Iê-iê-iê chamado As Brasas. Além de multi-instrumentista, ela também se tornou cantora, compositora e atriz.

10. Na madrugada você volta

No início da pandemia de covid-19, os Cavaleiros do Forró fizeram uma live solidária. Com isso, a arrecadação foi destinada aos profissionais do setor de eventos e às famílias carentes. 

Bônus: a história do Forró envolvendo outros ritmos

Playlist com + de 65 músicas de Forró

Quando estiver com saudade de um arrasta-pé, aproveite para ouvir a playlist [Forró] #17 Artcetera!

Agora que você conhece a história do Forró, já pode preparar seus pedidos para o sanfoneiro no próximo arrasta-pé. E, enquanto isso, fique à vontade para se inspirar com os sons dos outros posts da Artcetera! 😉

Conde do Forró GIF - Find & Share on GIPHY

 

Salvar