10 composições eruditas para conhecer a história da Música Clássica, com Mozart, Vivaldi, Chopin, Bach, Wagner, Villa-Lobos, Beethoven e mais

Já ouviu falar das óperas “Carmen” ou “O Barbeiro de Sevilha”? Quem sabe as “Bachianas Brasileiras” ou o “Bolero de Ravel”? Talvez a “Marcha Imperial” do Darth Vader? Para saber o que isso tudo tem em comum, vem conhecer a história da Música Clássica!

Afinal, o estilo tem uma grande influência no nosso dia a dia, sem que a gente perceba isso. Seja na valsa vienense, na publicidade ou nas trilhas sonoras icônicas, o gênero está muito mais presente do que imaginamos. 

E, para entrar no clima da história da Música Clássica, que tal ver o filme Amadeus? Neste musical de drama biográfico, que ganhou 40 prêmios, confira um novo olhar sobre a rivalidade entre Mozart e Salieri. Mas será que isso realmente aconteceu ou foi licença poética? 🤔

7 curiosidades para conhecer a história da Música Clássica

Quer fazer uma imersão pelas primeiras notas da história da Música Clássica? Então, aproveite para ouvir uma playlist exclusiva enquanto lê o artigo! 

Musician Wagner GIF by Biblioteca Nacional de España - Find & Share on GIPHY

1. O que significa Música Clássica?

Música Clássica é aquela em que os artistas tocam com partituras, sem que haja espaço para improviso. Também conhecida como Música Erudita ou Música de Concerto, essa expressão cultural tem arranjos mais elaborados em comparação às canções populares.

Mas isso não se resume às orquestras que acompanham as óperas. Isso porque o gênero definitivamente não ficou parado no passado. Afinal, existem versões contemporâneas (e até arrojadas) de um estilo visto como convencional. Continue com a gente para descobrir!

2. Quem é considerado o fundador da Música Clássica?

É um desafio saber quem criou a Música Clássica, pois as primeiras manifestações vêm da época medieval. Na Idade Média, a proposta era entreter a corte real, em paralelo à liturgia das cerimônias religiosas, a exemplo do canto gregoriano da Igreja Católica.

O francês Léonin era visto como “o maior compositor de órganon para amplificação do serviço divino”. Por volta de 1150, ele foi Mestre de Capela na Bienheureuse-Vierge-Marie (Catedral de Notre-Dame).

História da Música Clássica - Leonin

Fonte: Gazeta do Povo

3. Como surgiu a Música Clássica? E onde nasceu?

Para saber onde surgiu a Música Clássica, vamos à Itália durante o período Renascentista. Após o surgimento da 1ª orquestra barroca, vieram à tona composições de pioneiros do estilo. Por exemplo: Claudio Monteverdi e Giovanni Gabrielli

Anos depois, a orquestra clássica revelou nomes como Bach, Beethoven, Händel, Vivaldi, Salieri e Mozart. Além da Itália, artistas da Alemanha e da Áustria desenvolveram novas formas musicais, incluindo: sinfonia, coral, quarteto de cordas e afins.

Chegando ao século XX, os artistas passaram a fazer experimentações mais arrojadas. Aliás, não deixe de ler nosso post de Música Eletrônica para saber como aconteceu a “eletrificação” dos instrumentos. 

Desde então, surgiram muitos expoentes da Música Clássica, a exemplo de Debussy, Stravinsky e Villa-Lobos. Mais recentemente, temos a arrojada Esperanza Spalding, que ganhou 4 Grammys.

4. E quanto à história da Música Clássica no Brasil?

Aqui no Brasil, a Música Erudita vem da época da Colonização Portuguesa. Com o passar do tempo, surgiram nomes como:

Mas foi com Heitor Villa-Lobos que a Música Clássica brasileira ganhou espaço, tanto no país, quanto no mundo. Não por acaso, ele foi uma das estrelas da nossa revolução estética na Semana de Arte Moderna de 1922.

A propósito, não podemos esquecer de outros talentos da Música Erudita nacional:

Artcetera - perfil Spotify

5. Quais são as características da Música Clássica?

Na Música Erudita, os artistas focam na execução e na performance de uma determinada peça. Logo, não existe espaço para improviso, já que eles seguem as partituras à risca. Na orquestra, por exemplo, a regência do maestro dá o tom de diversos instrumentos.

Vale lembrar que a Música Clássica costuma ser relacionada às elites, até mesmo pelo alto valor aquisitivo dos instrumentos. Porém, a ópera-bufa era algo acessível para pessoas de todas as classes sociais, incluindo as peças de Mozart e Verdi.

Hoje em dia, a Música Erudita continua muito presente na nossa rotina, mas pode passar despercebida. Apesar de não parecer nada popular, podemos encontrá-la na cultura pop e até nas manifestações sociais. E aqui vão alguns exemplos:

  • The Imperial March”: os fãs de Star Wars vibram ao som da marcha imperial de John Williams
  • Pedro e o Lobo”: a Coca Cola lançou um anúncio publicitário ao som da obra de Sergei Prokofiev
  • Marcha Nupcial”: muitos casamentos tocam a obra de Mendelssohn na entrada da noiva
  • O Barbeiro de Sevilha”: o tal “Fígaro” do Pica Pau veio da ópera-bufa de Gioachino Rossini
  • Nessun Dorma”: os Três Tenores cantam a música-tema da Copa do Mundo de 1990, de Giacomo Puccini
  • Ode à Alegria”: a Nona Sinfonia de Beethoven já inspirou até mesmo um flashmob em Nuremberg
  • Carmen”: em 2018, a ópera de Bizet ganhou um novo final para denunciar a violência contra as mulheres

E quais os tipos de Música Clássica?

Os principais gêneros de Música Clássica são:

  • Cantata
  • Concerto
  • Missa
  • Moteto
  • Música de câmara
  • Ópera
  • Ópera-bufa
  • Opereta
  • Oratório
  • Sinfonia
  • Sonata
  • Suite

6. Quais os instrumentos da Música Clássica?

De modo geral, a Música Erudita pode ser tocada com muitos instrumentos, individualmente ou em conjunto. Por sinal, eles podem ser de cordas, sopro, teclado ou percussão, incluindo:

  • celesta
  • clarineta
  • contrabaixo
  • cravo
  • fagote
  • flauta
  • gongo
  • oboé
  • órgão
  • piano
  • saxofone
  • tímpano
  • trombone
  • trompa
  • trompete
  • tuba
  • viola
  • violão
  • violino
  • violoncelo
  • xilofone

Artcetera - perfil Instagram

7. Quais são os maiores nomes da Música Clássica de todos os tempos?

De acordo com a Coleção Folha, esses artistas estão entre os grandes nomes da Música Clássica:

Além disso, também podemos citar outros artistas que marcaram a história da Música Clássica:

Na sua opinião, quem mais marcou a história da Música Clássica?

Chopin Building Blocks Of Piano GIF by Soundfly - Find & Share on GIPHY

10 composições que marcaram a história da Música Clássica

Finalmente, chegamos às composições marcantes da história da Música Clássica. Depois, conta pra gente qual delas é a sua preferida, ok?

1. Moonlight: Sonata ao Luar

A “Sonata para piano n.º 14, Op. 27 n.º 2, de Ludwig van Beethoven, já foi tema de filmes, romances e até anúncios.

2. Requiem: Lacrimosa

Wolfgang Amadeus Mozart faleceu antes de completar “Réquiem em ré menor (K. 626), que é uma missa fúnebre. 

3. Ride of the Valkyries

A “Cavalgada das Valquírias, de Richard Wagner, marca o início do ato III na famosa ópera Die Walküre.

4. Swan Lake

O ballet dramático “O Lago dos Cisnes, de Piotr Ilitch Tchaikovski, estreou no Teatro Bolshoi em 1877.

5. Bólero

O “Bolero M.81, de Maurice Ravel, é um balé “a caráter” espanhol que foi pedido pela dançarina Ida Rubinstein.

6. Marcha Radetzky

A “Radetzky March, Op. 228, de Johann Strauss, costuma ser tocada no Concerto de Ano Novo da Orquestra Filarmónica de Viena.

7. Cello Suite Nº 1

As “6 Suítes para Violoncelo Solo, de Johann Sebastian Bach, foram compostas quando ele era Mestre de Capela.

8. Nocturne

Noturnos, Op. 9 faz parte do conjunto de três noturnos, de Frédéric Chopin, dedicados à pianista Camille Pleyel.

9. The Four Seasons

As Quatro Estações, de Antonio Vivaldi, é um clássico barroco que tinha sonetos ilustrativos com o tema de cada estação do ano.

10. Bachianas brasileiras n° 5

Por fim, chegamos à “Bachiana brasileira n° 5 para soprano e 8 violoncelos, do maestro Heitor Villa-Lobos.

Playlist com + de 80 Músicas Clássicas

Quando quiser ouvir Música Erudita, lembre-se da nossa playlist [Música Clássica] #25 Artcetera, certo?

Bônus: a influência da história da Música Clássica na cultura mundial

Gostou da história da Música Clássica? Então, leia mais artigos do Blog Artcetera para continuar antenado sobre muitas expressões artísticas! E até mais! 

Beethoven GIF by premiertone - Find & Share on GIPHY

Salvar