Analisamos detalhadamente o Steam Deck, console portátil da Valve.

O Steam Deck é um console lançado pela Valve lançado com o intuito de rivalizar com outras companhias (sobretudo com a Nintendo) na venda de consoles portáteis. Segundo o CEO da empresa, Gabe Newell, o objetivo era ser agressivo com o Steam Deck para primeiramente obter seu espaço nesse mercado, que eles avaliaram como ainda tendo espaço para novos produtos, e depois conseguirem lucrar com as vendas.

A plataforma de jogos digitais para PC da Valve, a Steam, já estava consolidada como uma das principais de seu ramo. Portanto, desenvolver um console portátil dessa plataforma seria uma maneira de ampliar a sua clientela para usuário de consoles também. É um projeto ambicioso que vai ganhando espaço dia após dia entre as opções de compra mais desejadas dos jogadores de videogame.

Para analisar o Steam Deck, decidimos elencar 5 tópicos de análise que ajudem a explicar como ele funciona e seu impacto na comunidade desde o lançamento. Nosso critério de seleção dos tópicos foi a conclusão da equipe Artcetera sobre análises técnicas deste console portátil.

1 – Lançamento e Impressões Iniciais do Steam Deck

Principais-caracteristicas-do-Steam-Deck-Lancamento-e-Impressoes-Iniciais-do-Steam-Deck
As 5 principais características do Steam Deck 7

Lançado no dia 25 de fevereiro de 2022, a sua recepção foi bastante positiva. Muitos elogios de nomes importantes da indústria, como Tim Sweeney (Epic Games) e Phil Spencer (Xbox Game Studios), serviram como comprovação da qualidade do console, o que despertou ainda mais interesse no mesmo.

Inclusive, a maioria do público considerou o Steam Deck como concorrente direto do Nintendo Switch como um console híbrido, ao invés de classificá-lo apenas como portátil. Estima-se que mais de 3 milhões de unidades dele já tenham sido vendidas até o fim de 2023.

2 – Hardware

Principais-caracteristicas-do-Steam-Deck-Hardware
As 5 principais características do Steam Deck 8

O conjunto de hardware do Steam Deck foi cautelosamente planejado para proporcionar a melhor experiência para o jogador com o melhor desempenho possível (conforme a época de seu planejamento), segundo a própria empresa divulgou. Podemos considerá-lo então um console tão potente quanto os demais da 8ª Geração.

  • CPU: AMD APU Zen2 com GPU RDNA 2, com 4 núcleos de 1,6 TFLOPS de desempenho entre 2,4 e 3,5 GHz (GPU ente 1,0 e 1,6 GHz)
  • Capacidade de Armazenamento: versões com eMMC 64 GB, SSD NVMe de 256 GB ou SSD NVMe de 512 GB. Tem suporte para cartões adicionais: microSD, microSDXC ou microSDHC.
  • Memória: 16 GB de RAM LPDDR 5
  • Resolução de Exibição: 1280×800 pixels rodando 720p nativo. Com o dock, pode chegar a 8K (60 Hz) ou 4K (120 Hz)
  • Mídia: Apenas Digital
  • Tela: 7 polegadas (180 mm) LCD touchscreen
  • Entradas: entrada 3.5mm Stereo para fones de ouvido, entrada Tipo-C PD3.0 de 45W e possui slot para microSD, microSDXC ou microSDHC
  • Controles: 2 thumbsticks, 1 cruz direcional, 4 botões principais (ABXY), 2 botões de ombro em cada lado, 4 botões traseiros, 4 botões frontais de menus e mais 2 trackpads touch [tudo acoplado ao console]
  • Serviços Online: Steam, porém compatível também com lojas de terceiros (Ex.: Epic Games Store, EA Play, etc.)
  • Retrocompatibilidade: Compatível com PC para funcionar como tela de execução e controle.
  • Dimensões: 29,8 cm × 11,7 cm × 4,9 cm, pesando 640 g aproximadamente
  • Preço Inicial: aproximadamente R$ 2.050,00 (US$ 399,00)

3 – Software

Principais-caracteristicas-do-Steam-Deck-Software
As 5 principais características do Steam Deck 9

O software do Steam Deck é uma versão customizada do SteamOS, que foi baseado em engenharia Arch Linux. Inclui suporte para Proton e compatibilidade com Microsoft Windows.

Apesar de não ser recomendado pela empresa, é possível trocar o sistema operacional do Steam Deck por outro de sua preferência. Sua interface original é idêntica à Steam, possibilitando usar o Steam Deck como tela de reprodução e/ou controle para os jogos reproduzidos nesta própria plataforma via PC.

4 – Jogos do Steam Deck

Principais-caracteristicas-do-Steam-Deck-Jogos-do-Steam-Deck
As 5 principais características do Steam Deck 10

Como o Steam Deck permite ao jogador acessar a Steam e diversas outras lojas de jogos digitais, sua biblioteca beira o infinito. Com exceção de jogos de franquias exclusivas, como os first party da Nintendo por exemplo, é possível ter acesso a uma imensa variedade de jogos, o que o torna disparadamente o console mais versátil de todos nesse quesito.

Os jogos mais jogados no Steam Deck em janeiro/2024 foram:

  1. Baldur’s Gate 3
  2. Palworld
  3. Elden Ring
  4. Monster Hunter: World
  5. Cyberpunk 2077
  6. Stardew Valley
  7. Dave The Diver
  8. Hogwarts Legacy
  9. Grand Theft Auto V
  10. Vampire Survivors
  11. Red Dead Redemption 2
  12. The Elder Scrolls V: Skyrim Special Edition
  13. The Binding of Isaac: Rebirth
  14. Diablo IV
  15. Hades
  16. Cult of the Lamb
  17. Persona 5 Royal
  18. Warframe
  19. Fallout 4
  20. Slay the Spire

5 – Comparação de Mercado

Principais-caracteristicas-do-Steam-Deck-Comparacao-com-o-Mercado
As 5 principais características do Steam Deck 11

Surpreendentemente, existem diversas opções para disputar mercado com o Steam Deck. Se formos avaliá-lo como um console fixo ou híbrido, temos que compará-lo com o PlayStation 4, o Xbox One e o Nintendo Switch. Ele até é melhor de um desses em alguns quesitos, de outro em outros quesitos… Mas, no geral, ele fica atrás em performance para os 2 primeiros citados e empata praticamente com o Nintendo Switch, lançado 5 anos antes.

Já na disputa como console exclusivamente portátil, o Steam Deck ganha adversários bem equilibrados. Após analisarmos os portáteis Ayaneo Next Advance, Ayn Odin, GPD Win 3, OneXPlayer Mini e o PlayStation Vita, concluímos que, apesar de não ser o mais potente dentre eles, o Steam Deck é o melhor custo-benefício dessa lista de longe! A maioria dos citados custa preços que variam de 2 a 3 vezes mais caro que ele.


Chegamos então ao fim da nossa análise sobre o Steam Deck. Um console que ainda não é tão popular no Brasil, mas vai conquistando público aos poucos aqui em nosso país. Deixaremos de bônus para você uma análise minuciosa do console no vídeo abaixo.

Continue acessando o Artcetera para conferir mais informações e opiniões sobre games, cultura, arte, entretenimento e muitos outros assuntos divertidos e diversificados. Até o próximo artigo!

Leia Mais

As 5 principais características do PS 3

As 5 principais características do PS 4

As 5 principais características do Xbox One

As 5 principais características do Xbox Series S

As 5 principais características do Xbox Series X

As 5 principais características do Nintendo Switch

Categorizado em: