Entenda o que significa a sigla e o estilo de jogo JRPG e outros estilos de jogos dos RPGs

JRPG-Introducao
JRPG? Entenda esta e outras 7 variantes de RPG Eletrônicos 3

O popular gênero dos jogos chamado RPG (Role Playing Game) é um formato de narrativa em que o jogador controla as ações de um ou mais personagens em um mundo fictício bem construído e definido, acompanhando a progressão gradual de uma jornada heróica em que eles participam ativamente. Considerado um estilo de jogo bastante imersivo, onde o jogador se envolve emocionalmente com personagens pré-definidos ou interpreta um personagem personalizado por ele próprio, construindo suas características físicas e de personalidade do zero.

Os RPGs modernos surgiram em 1974, nos Estados Unidos, com o lançamento de Dungeons & Dragons (popular D&D), um jogo com regras bem definidas e um sistema de criação de enredos e personagens que unia elementos do Teatro e dos Games em um sistema complexo e emocionante envolvendo interpretação de personagens por parte dos jogadores e narração de um enredo fantasioso por um Mestre do Jogo (que também controla os NPCs e inimigos).

A partir do D&D, diversos desenvolvedores do jogos se basearam em seu sistema de jogo para criar os chamados RPGs Eletrônicos. Pouco a pouco, esses jogos foram se diversificando em diferentes “moldes”, criando subgêneros que servem de base para a criação de diversos títulos até hoje. Dentre eles, o maior responsável por popularizar esse novo estilo de game foi certamente o JRPG. Mas, para entender melhor cada estilo de RPG Eletrônico, incluindo o próprio JRPG, a Equipe Artcetera trouxe para você uma breve explicação de cada um deles.


JRPG

O JRPG (Japanese Role Playing Game) é um estilo de RPG criado no Japão onde o visual dos personagens é inspirado na estética dos mangás e animes. Uma de suas principais características é o foco dado à história em si, que costuma envolver muitos personagens no jogo, além de apresentar um desenvolvimento de personalidade e força bem definido dos protagonistas e vilões. As emoções deles também costuma ser amplamente demonstrada, criando empatia nos jogadores com esses personagens e suas jornadas, e o Sistema de Batalha costuma ocorrer em turnos.

São inúmeros os títulos de sucesso de JRPG, mas algumas franquias se destacam bastante no mercado ao longo das décadas e consoles, como: Final Fantasy, Breath of Fire, Dragon Quest, Chrono, Tales e Persona.


RPG Clássico

Também conhecidos como Dungeon Crawlers, esses jogos transportaram quase que fielmente o sistema de Dungeons & Dragons para os consoles e PC, se passando em ambientes medievais e trazendo as classes e raças de personagens presentes no jogo original de “papel, caneta e dados”. É bem característico pela presença de criaturas místicas e poderes mágicos, além de conter exploração de cavernas, calabouços e labirintos em busca de tesouros ou criaturas poderosas.

Franquias como Diablo, Torchlight e Darkest Dungeon representam muito bem esse estilo de RPG eletrônico clássico.


RPG de Ação

Trazendo muito mais dinâmica aos combates, onde o jogador precisará controlar a movimentação de seu personagem de forma precisa e explorar todo o sistema de armas, armaduras, magias e habilidades para obter vantagens nas batalhas contra inimigos poderosos. Esses são o RPGs de Ação, que geralmente são jogos com alto nível de dificuldade.

Inclusive, subgêneros desse subgênero foram criados por suas principais franquias, como Soulslike, Metroidvania e Hack ‘N Slash. Portanto, as franquias Dark Souls, Castlevania e Devil May Cry podem exemplificar bem a classe de jogos.


RPG em Primeira Pessoa

Um dos primeiros, senão o primeiro tipo de RPG Eletrônico que surgiu, lá nos Anos 80 para os primeiros PCs e consoles. Como o nome já diz, a visão do jogador é em Primeira Pessoa e ele percorre cenários que mais se parecem labirintos enquanto avalia elementos do cenário e recebe informações da trama. É um estilo atualmente menos popular entre os jogadores mais novos, mas com uma grande base de fãs mais velhos que viveram a “época de ouro” desse tipo de jogo.

Representado por franquias clássicas como Wizardry, Might and Magic, Bard’s Tale, Etrian Odyssey e Elminage, os RPGs em Primeira Pessoa ainda sobrevivem no mercado de games.


MMORPG

Certamente, um dos estilos de RPG mais populares da atualidade, mas que também é responsável pelo surgimento de alguns dos maiores jogos de PC de todos os tempos. Os MMORPGs (Massive Multiplayer Online Role Playing Game) são uma espécie de evolução dos RPGs Eletrônicos Clássicos, onde milhares de pessoas podem jogá-los simultaneamente em uma exploração livre de mundo aberto.

Como dissemos, jogos super clássicos como Tibia, RuneScape, Ragnarök Online e World of Warcraft são os pilares deste subgênero dominante no PC e pouco explorado em Consoles.


Roguelike / Roguelite

Roguelike é um subgênero que surgiu da mistura de vários outros subgêneros já citados em nossa lista. Trazendo uma mescla de Dungeon Crawlers com RPGs de Ação e pitadas de JRPG, os jogos estilo Roguelike trazem mapas divididos em níveis gradativamente mais difíceis, com a possibilidade de morte permanente dos personagens dentro de mundos mágicos.

Derivados do jogo Rogue, alguns outros títulos consagrados como Hades, Dead Cells, Dandy Ace e Slay The Spire representam bem a categoria dos Roguelikes.


Sandbox RPG

Outro subgênero que é uma “evolução” de um subgênero anterior, os Sandbox RPGs são uma variação dos MMORPGs que permite que os jogadores interajam diretamente com o ambiente, não apenas com os personagens. A possibilidade de coletar recursos e modificar os cenários, construindo coisas e explorando a natureza adicionam camadas de complexidade aos jogos, os tornando bastante interessantes e virtualmente infinitos.

Os exemplos de Sandbox RPGs variam muito a temática e o visual, indo desde o Terraria até Baldur’s Gate III.


✧ RPG Tático

O último subgênero de RPGs Eletrônicos que iremos abordar, e um dos mais queridos pelo público, são os RPGs Táticos. Fortemente influenciado pelo JRPG, tanto em visual como em Sistema de Batalhas em Turnos, eles costumam apresentar um enredo envolvente com batalhas se desenrolando em tabuleiros. A movimentação e ataques dos personagens variam conforme a quantidade de espaços que cada um pode alcançar.

As principais franquias deste estilo são Final Fantasy Tactics, Tactics Ogre e Fire Emblem.


Essa foi a nossa explicação sobre os principais gêneros de RPG, com ênfase no JRPG e sua influência. Mesmo sendo um gênero muito divertido de se jogar, possui enredos longo e complexos, podendo não agradar a todos os jogadores. Mas, costumam ser jogos muito bem feitos, tendo produzido alguns dos maiores títulos de todos os tempos. De brinde, confira o vídeo abaixo com a explicação dos principais gêneros de games em geral (não apenas dos RPGs).

Para mais informações e opiniões sobre games, cinema, artes, cultura, entretenimento e vários outros assuntos interessantes e relevantes, basta seguir acessando diariamente o nosso site aqui do Artcetera. Muito obrigado e até o próximo artigo!

Leia Mais

Dark and Darker: tudo sobre o aguardado RPG em 5 tópicos

Os 50 melhores jogos de RPG de todos os tempos

Os 40 melhores jogos de RPG para Mobile

Categorizado em: