Confira alguns exemplos de filmes perturbadores que chocaram os espectadores

Os-filmes-mais-perturbadores-de-todos-os-tempos-Introducao
Os 10 filmes perturbadores mais controversos de todos os tempos 3

O Cinema é uma das formas de arte mais impactantes dentre todas, por apresentar sensações audiovisuais extremas devido à tela maior, o som mais potente e todos os recursos empregados na produção dos filmes, como maquiagem, iluminação e a própria atuação dos atores. Por isso, diversas obras da Sétima Arte nos emocionam e marcam nossas vidas com sua beleza e mensagens positivas.

Contudo, nem só de finais felizes é constituída a história do Cinema. Alguns filmes trazem uma proposta diferente: nos chocar expondo o pior lado dos seres humanos e da sociedade em que vivemos. Os gêneros de Terror e Suspense exploram isso com maestria em filmes perturbadores, trabalhando questões subjetivas como seres e entidades de outras realidades diferentes da que vivemos, ou questões objetivas como serial killers e outros sociopatas, pessoas altamente traumatizadas que passaram de vítimas para agressores. Tudo isso nos causa muito impacto psicológico, pelo medo do desconhecido e pelo temor de que algo fictício se torne realidade.

Mas, e quando os produtores desse tipo de filme extrapolam o limite comum de apenas assustar e chocar? Quando as coisas retratadas desencadeiam traumas em quem as assiste? Claro que esse limite do trauma varia de pessoa para pessoa, porém existem sim algumas obra que chegaram a um limite que excede o conceito de entretenimento, em um consenso entra a maioria dos espectadores. Para ilustrar isso, separamos os 10 filmes mais perturbadores de todos os tempos, cada um por sua própria razão.


→ Pig

Começamos nossa lista de filmes perturbadores com Pig, lançado em 2010. Um caipira psicopata captura 3 vítimas que mantém acorrentadas em sua propriedade e as utiliza para saciar atos violentos que satisfaçam a sua mente deturpada (inclusive, uma delas está grávida). Com cenas de muito gore (violência agoniante), com bastante sangue, acompanhar o sofrimento das vítimas com cenas tão explícitas é muito difícil para muitos.


→ Aftermath

O segundo filme da trilogia gore do diretor espanhol Nacho Cerdà, Aftermath não possui diálogos falados e retrata o trabalho de um funcionário de um necrotério. O grande problema, além de todo o sangue e da presença de cadáveres explícitos (como se não fosse o suficiente), é a retratação da necrofilia. O agente funerário, além de demonstrar uma satisfação acima do normal no exercício de suas funções, como autópsias e limpezas, ele explorar seus prazeres sexuais doentios não apenas com os cadáveres, mas com pedaços de seus corpos (um cérebro, por exemplo). É um daqueles filmes perturbadores que não é qualquer um que consegue assisti-lo.


→ Begotten

Begotten é um filme conceitual filmado em preto-e-branco que utiliza cenas metafóricas pra mostrar o surgimento do mundo e da humanidade. Entretanto, essas cenas são bem estranhas, causando um certo incômodo em quem está vendo. Segundo a sinopse, Deus decide suicidar-se com uma navalha por se sentir sozinho. Após a sua morte, a Mãe-Natureza se fertiliza com o sêmen do cadáver e dá origem à Humanidade, representada como uma criança fraca e doente. Ao longo de sua existência, a Humanidade apanha e é torturada por vários zumbis sem face. Extremamente bizarros, Begotten merece estar entre os maiores filmes perturbadores de todos os tempos.


→ August Underground

Sendo incluído no sub-nicho de filmes snuff, que supostamente retratam cenas de morte reais ao invés de serem encenadas, August Underground é um filme forte de se assistir. Três amigos com sério quadro de psicopatia se unem para realizarem assassinatos aleatórios. Eles escolhem sequestrar casais de diferentes sexualidade para torturá-los de todas as formas imagináveis, aproveitando uma doente dinâmica de fazer o casal sofrer quando um olha a pessoa amada sendo torturada na sua frente ao mesmo tempo que também se encontra à beira da morte. Para falar de filmes perturbadores, é obrigatório incluir esse título.


→ Quando As Luzes Se Apagam

Quem nunca teve medo do escuro? Imaginando ver coisas que não estavam ali realmente? Ou confundindo um objeto com outra coisa? Então, essa é a proposta de Quando As Luzes Se Apagam. Rebecca é uma garota que cresceu com esse medo do escuro, e acreditava estar sendo sempre perseguida por uma mulher que aparecia nas sombras. Anos depois, seu irmão mais novo adquire o mesmo trauma e eles precisam investigar o que está acontecendo, e percebem que essa fobia está ligada à sua mãe e um segredo escondido por todos esses anos. Um dos filmes perturbadores que é um verdadeiro pesadelo pra quem se identifica com esse medo.


→ As Fitas de Poughkeepsie

Esse filme foi considerado tão perturbador que sua exibição foi proibida por 10 anos. A trama desse filme mostra uma equipe de investigadores que estão tentando desvendar uma sequência de assassinados ocorridos na cidade de Poughkeepsie, até que encontram um conjunto com centenas de fitas VHS em uma casa abandonada, que supostamente pertence ao criminoso. Assistindo ao conteúdo gravado, eles se deparam com filmagens de torturas e assassinatos brutais registrados por mais de uma década. Detalhe: o estilo de gravação do filme como se fosse por uma câmera de mão antiga deixa tudo ainda mais próximo da realidade pra época.


→ Terror Sem Limites

Envolvendo prostituição, pedofilia, necrofilia, torturas físicas e mentais, além das suspeitas de ser um filme com mortes verídicas, Terror Sem Limites é sem dúvidas um dos maiores filmes perturbadores e polêmicos já feitos. Após a aposentadoria, um ator pornô sérvio passa a ter dificuldades financeiras com sua família, o que o leva a voltar à ativa. Porém, seu novo contrato se mostra macabro, onde ele será obrigado a participar de filmes que envolvam esses temas horripilantes citados anteriormente.


→ Holocausto Canibal

Falando de filmes com mortes reais, Holocausto Canibal talvez seja o exemplo mais famosos de todos os tempos. O filme mostra 4 cineastas que se aventuram nas florestas da América do Sul para encontrar uma tribo indígena canibal e filmar um documentário sobre eles. Porém, eles são capturados e não retornam mais. Por isso, 2 meses depois uma missão de resgate é enviada para o local, mas somente as latas dos filmes são encontradas, revelando o destino sangrento dos cineastas.


→ O Teste Decisivo

Trazendo um exemplar japonês à nossa lista dos filmes perturbadores, O Teste Decisivo mostra a história do executivo Aoyama, que perdeu sua esposa sete anos atrás e é convidado aleatoriamente para participar da escolha de uma atriz para um filme. Sua atenção é capturada por Asami Yamazaki, uma bailarina talentosa, com quem ele decide sair para jantar. Porém, ele vai descobrir que ela esconde um desejo incontrolável de matar.


→ Centopeia Humana

Para finalizar, não poderíamos escolher outro título senão o mais horripilante de todos os filmes perturbadores: A Centopeia Humana. Mostrando diversas experiências psicopatas feitas com seres humanos em um cativeiro escondido, incluindo mutilação, sutura de diferentes corpos e implantação de membros adicionais nos corpos, o filme causa extremo desconforto para qualquer um que o assista. Retrata até onde a curiosidade da mente humana pode chegar quando deturpada ao extremo.


Esses foram os 10 maiores filmes perturbadores de todos os tempos. São obras extremamente impactantes, que geram agonia e medo acima do normal na maioria dos espectadores, portanto pense bem antes de assisti-los. Como bônus, fique com o vídeo abaixo com 35 detalhes escondidos em diversos filmes de Terror bastante famosos.

Para mais informações e opiniões sobre cinema, arte, cultura, games e assuntos interessantes variados, continue acessando diariamente o nosso site aqui do Artcetera. Muito obrigado e até o próximo artigo!

Leia Mais

Os 10 filmes de Terror mais pesados da história

Os 15 filmes de Terror para assistir em 2024

Os 10 melhores mangás de Terror

Categorizado em: