Veja filmes sobre pandemia, epidemia e emergência sanitária: Sinal de Perigo, Não Olhe Para Cima, Eu Sou A Lenda, Os 12 Macacos e + [LISTA]

E não é que chegou 2022? Apelidado carinhosamente de “2020 Parte III: O Inimigo Agora É Outro”, esse é um ótimo momento para assistir aos filmes sobre pandemia, epidemia e emergência sanitária. Assim, podemos refletir sobre os dias sombrios que temos vivenciado.  

Por um lado, estamos acompanhando as vacinações acontecendo, os lugares abrindo, as atividades retomadas etc. Mas, ao mesmo tempo, vemos o surgimento de novas variantes do Coronavírus. Já não sei mais como lidar com essa confusão toda

Porém, existem coisas que estão fora do nosso controle, não é? E, apesar do cansaço, não devemos parar de nos cuidar e usar a máscara. Foi justamente essa minha inspiração para escrever essa listinha com filmes sobre pandemias e epidemias.

Calma, não é para assustar ninguém, é apenas para lembrar que a pandemia de Covid-19 AINDA não acabou. Pensei em obras que vieram muito antes de saber que iríamos passar pela maior crise sanitária dos últimos 100 anos. 

Além disso, coloquei outros que foram feitos ao longo desses últimos anos doidos que estamos vivendo. Por sinal, acho muito interessante ver como momentos tão trágicos influenciam a arte como um todo. 

Muitas produções pararam durante a pandemia e outras começaram no meio desse caos. Tem muuuuito conteúdo bacana para conscientizar e até entreter sobre o tema “pandemia”. Bora lá conhecer esses títulos? Ah, também vamos indicar onde esses filmes podem ser assistidos!

5 dicas de filmes sobre pandemia

Para começar, vamos aos filmes sobre pandemia. Aliás, a nossa seleção inclui filmes que foram feitos muito antes de se pensar que poderia acontecer uma pandemia. Sim, essa situação toda já foi “coisa de cinema”. E os filmes que foram produzidos durante a pandemia tiveram um desafio de expectativa x realidade de como é estar vivendo uma pandemia.

1. Os 12 Macacos (1996) 

Viagem no tempo, pandemia, missões impossíveis e a humanidade vivendo no subterrâneo: já imaginou esse cenário? Os 12 Macacos é um filme que se passa em 2035, em que um vírus surgido nos anos 90 matou 5 bilhões de pessoas. Pavor total até que um prisioneiro é enviado em uma missão: voltar aos anos 90. 

No passado, ele precisa encontrar pistas e novas informações para passar aos cientistas do futuro. Apesar da impossível viagem no tempo (Einstein estaria chorando com a relatividade restrita), é uma obra interessante para perceber como a ciência é o caminho para barrar as pandemias. 

Onde assistir? Amazon Prime Video

2. Bo Burnham: Inside (2021)

“Inside” é um especial da Netflix feito pelo comediante Bo Burnham e foi lançado no primeiro semestre de 2021. Não é exatamente um filme que trata sobre a pandemia em si. É quase um experimento filmado sobre o isolamento social de 2020 – ano em que muitas coisas mudaram em nossas vidas. 

O comediante ficou sozinho durante esse período de “quarentena” e aproveitou para escrever, gravar e musicar. Não há equipe, é somente ele em sua casa. Ou seja, é um especial perfeito para quem ama ver processos criativos.

Engraçado e um pouco trágico. Eu achei bacana já que me identifiquei com essa experiência de ficar de quarentena em casa. Mesmo isolados, tivemos uma experiência humana em comum e, vamos combinar, uma experiência bem esquisita.

Onde assistir? Netflix

3. Eu sou a Lenda (2007)

Desde o lançamento, esse filme ficou bem conhecido por ser um dos primeiros do rapper e ator Will Smith em papéis mais sérios. A pandemia em questão não é muito bem explicada nesse filme, que é baseado em um livro de mesmo nome do autor Richard Matheson. Mas, partindo de guerras biológicas, as pessoas começam a se transformar em mutantes. 

O protagonista é um cientista que está sozinho em Nova York buscando sobreviventes e, quem sabe, a cura para essa catástrofe. Por falar nisso, um detalhe bem interessante do filme – e que, na época, soava exagero – é o uso de medidores de infecção. Neles, aparece o resultado como “positivo” e “negativo” para a mutação. 

Lembram aquelas arminhas de medição de temperatura que vemos em estabelecimentos? A diferença é que o termómetro só identifica um dos sintomas da Covid-19. Depois, é necessário fazer outro exame para saber se estamos realmente doentes. Muito mais prático o do “Eu Sou A Lenda”, já que não precisa ficar enfiando cotonete no nariz. 

Onde assistir? HBO Max

Artcetera - perfil Spotify

+3 curiosidades do filme sobre pandemia Eu Sou a Lenda: 

  1. A atriz brasileira Alice Braga está nele, super chic! 
  2. O livro “I am Legend” inspirou mais 2 filmes, incluindo o de 1971, chamado “A Última Esperança na Terra” (The Omega Man). Já o de 1964, que se chama “Mortos que Matam” (The Last Man on Earth), é estrelado por ninguém menos que Vincent Price. 
  3. 🚨 [SPOILER] 🚨 Na verdade, o filme tem 2 finais diferentes. No original (que passa na televisão) Neville se sacrifica e explode junto com os monstros. E, na versão de cinema, percebe que os mutantes estão atrás da fêmea que ele capturou. Então, a solta e foge de NY junto com as outras sobreviventes. Não sei qual final eu prefiro 🙃

4. Não Olhe para Cima (2021) 

Até quem não viu esse sabe (mais ou menos) do que se trata, pois explodiu na internet. Nunca vi tanto meme e recomendação, nem mesmo quando Leonardo DiCaprio ganhou o Oscar. 

Inclusive, vale a pena dar uma chance só pelo elenco pesadíssimo que a Netflix conseguiu reunir. Leonardo DiCaprio, Jennifer Lawrence, Meryl Streep, Cate Blanchett, Chris Evans, Timothée Chalamet e até a diva Pop Ariana Grande. Tudo isso no mesmo filme, é surreal! 

Este filme, em si, não se trata de uma pandemia, mas sim de um asteroide que irá destruir a Terra. Contudo, é uma analogia clara sobre como os governos, a mídia e as empresas lidam com a crise do Coronavírus. Minha recomendação é fazer aquele tio que não acredita no vírus ver a obra, já que fazem uma caricatura perfeita dos defensores de conspirações. 

Falando nisso, o roteiro põe um dedo na ferida no que acontece quando há um desastre iminente e as pessoas negam a realidade. Eu amei essa sátira política e, com muito pesar no coração, achei bem parecido com o cenário que estamos vivendo 😞

Onde assistir? Netflix

5. Contágio (2011) 

Disponível no Brasil pela Globoplay, esse foi um filme de pandemia muito comentado no início da crise da Covid-19. Afinal de contas, a obra tem várias semelhanças com o que estávamos vivendo. 

O vírus do filme é bem mais letal, mas retrata de maneira realista como a sociedade luta para sobreviver em meio ao caos instaurado. Como pano de fundo, políticos e cientistas tentam definir como controlar a doença.

Acho muito interessante que, no filme, tem um personagem que acredita em conspirações e em curas falsas. Nesse ponto, penso que os roteiristas acertaram em cheio. Enfim, acho perfeita a atmosfera e fotografia deste filme sobre pandemia. Lembro de ver fotos da cidade vazia em 2020 e lembrar na hora de algumas dessas cenas.

🚨 [SPOILER] 🚨 No final, ele é preso, hein 😉 Isso lembra um brasileiro irresponsável e negacionista que morreu agora em 2022 por conta do próprio vírus. Será que vocês adivinham quem é? 

Onde assistir? Globoplay

3 filmes sobre epidemias

Para falar de filmes sobre epidemias, cabe tirar a dúvida: qual a diferença entre pandemia e epidemia? Segundo o Instituto Butantan

“Uma pandemia pode começar como um surto ou epidemia; ou seja, surtos, pandemias e epidemias têm a mesma origem – o que muda é a escala da disseminação da doença. Um surto ocorre quando há aumento localizado do número de casos de uma doença”.

E, mesmo que seja em “menor escala”, não deixa de ser assustador! Por isso, confira alguns filmes sobre epidemias:

1. Sinal de Perigo (1985)

Apesar do trailer meio bobo que eu escolhi, Sinal de Perigo  é um filme beeeem anos 80 e conta com um elenco de peso. Isso inclui: Kathleen Quinlan, Jeffrey DeMunn (The Walking Dead), Sam Waterston e G.W. Bailey (Loucademia de Polícia). 

Na obra, temos efeitos especiais práticos e uma trilha sonora foda. Por mais que seja uma ficção científica, o roteiro é realista. Lógico que temos momentos que fogem da realidade, até porque é um filme, né?

Na trama, um laboratório de armas biológicas sofre um acidente. E, para conter um desastre, decidem lacrar o prédio com quase todos os funcionários lá dentro numa sexta-feira. O que será que pode acontecer?

Filme incrível para refletir sobre o poder desses momentos de desespero e como as pessoas agem de maneiras inesperadas nessas situações. Muito do que é considerado “civilizado” se perde em nome da sobrevivência. 

🚨 [SPOILER] 🚨 Minha cena favorita é quando, após alertar de contaminação do agente tóxico, a segurança ativa o protocolo de emergência, lacrando todas as portas. Parte dos cientistas, desesperados em curtir a sexta-feira, tentam burlar a quarentena. Logo, eles espalham ainda mais essa arma biológica entre os sobreviventes. 

Até hoje, vemos pessoas assim que, mesmo super bem informadas sobre a gravidade do Coronavírus, continuam não se protegendo. E isso faz com que o vírus e suas variantes se espalhem cada vez mais. Também posso pensar nas pessoas que se desesperaram e acabaram com estoques de leite, máscaras e luvas no primeiro semestre de 2020. 

Onde assistir? Amazon Prime

2. Epidemia (1995)

Até hoje lembro da minha professora de Biologia passando esse filme na sala de aula, quando estava no Ensino Médio. Na época, eu pensei “imagina se isso acontecesse aqui?”. Mal sabia eu que, depois de alguns anos, iria descobrir. 

De forma mais dramática, a obra fala sobre um vírus que se propaga por todo o território dos Estados Unidos. Consequentemente, isso obriga a população a entrar em quarentena e o Exército arregaçar as mangas junto com a comunidade científica. 

Um longa para perceber como o contágio é rápido nesses casos. A propósito, vimos isso muito de perto durante esses 2 anos de pandemia, logo, não podemos parar de nos cuidar!

Acho interessante que os roteiristas usaram o Ebola como inspiração para esse filme. Portanto, o vírus no filme é muito mais agressivo e mortal. 

Onde assistir? HBO Max

3. A Gripe (2013)

Situado na cidade de Bundang (Coreia do Sul), o filme trata de uma epidemia iniciada por uma mutação do vírus da gripe aviária. No começo a população não dá muita importância ao que estava acontecendo, mas, muito rapidamente, a situação foge de controle. Lembra como, no final de 2019, ninguém esperava que o vírus iria chegar aqui?

Assim como outros dessa lista, o longa mostra como é essencial que o Estado esteja presente para a contenção do vírus. Mais uma vez, o cinema coreano representando!

Onde assistir? Netflix

Artcetera - perfil Instagram

4 dicas de documentários sobre pandemia

Os documentários são recursos fortes de educação e informação. Pois o tema da pandemia não poderia ficar de fora desse gênero que vem crescendo bastante nos últimos anos. Sendo assim, confira abaixo alguns títulos de documentários sobre pandemia: 

1. Coronavírus – A História Não Contada (2020)

Apesar do título em português não ajudar, o documentário fala dos primeiros meses da pandemia, focando bem nos Estados Unidos. Inclusive, ele aborda bastante as teorias de conspiração como inimigas do combate ao vírus. Nesse sentido, a desinformação foi uma realidade não somente no Brasil e vimos o triste resultado disso. 

O documentário tenta trazer diversos lados do que estava acontecendo. Por exemplo, a pandemia afetando drasticamente a economia, política, mortalidade e até o que se pensa sobre a vacinação. 

Onde assistir? Looke

2. A Corrida das Vacinas (2021)

Como surgiram tão rápido as vacinas? Esse é o tema da série documental A Corrida das Vacinas, uma produção original Globoplay. Em 5 episódios, a obra explica como o vírus ataca as células humanas, qual a sua estrutura e a necessidade das medidas preventivas. Além disso, demonstra os bastidores do desenvolvimento da vacina contra a Covid-19. 

Onde assistir? Veja gratuitamente no Globoplay

3. A Conta Fica para a Juventude (2021)

Esse é um documentário de curta-metragem produzido pela Oxfam Brasil e TV Doc Capão. Aqui, temos relatos de jovens da periferia de São Paulo e quais são as suas angústias e expectativas frente à pandemia de Covid-19. 

Onde assistir? Veja gratuitamente no Vimeo

4. Saúde Sem Máscara (2021)

O documentário partiu da pesquisa “Monitoramento da saúde, acesso aos EPIs de técnicos de enfermagem, agentes de combate às endemias, enfermeiros, médicos e psicólogos, no município do Rio de Janeiro em tempos de Covid-19”, financiada pelo edital Inova Fiocruz. 

Vale assistir para ficar por dentro de como foi o enfrentamento da pandemia por parte dos profissionais da saúde. Embora tenha partido de uma pesquisa, o documentário vai além de apenas buscar dados e conta com relatos de profissionais de diversos setores da saúde.

Onde assistir? Veja gratuitamente no Youtube

12 documentários e filmes sobre pandemia, epidemia e crise sanitária

Recapitulando, listamos os filmes e documentários que falam de pandemias, epidemias e emergências sanitárias:

  1. Os 12 Macacos
  2. Bo Burnham: Inside
  3. Eu Sou A Lenda
  4. Não Olhe para Cima
  5. Contágio
  6. Sinal de Perigo
  7. Epidemia
  8. A Gripe
  9. Coronavírus – A História Não Contada
  10. A Corrida das Vacinas
  11. A Conta Fica para a Juventude
  12. Saúde Sem Máscara

Você já conhecia esses títulos? Acha que faltou algum filme ou documentário sobre pandemia na lista? Ou prefere maratonar as séries? Conta pra gente nos comentários. 

Aliás, não esqueça de se cuidar, continuar usando máscara e se vacinar pelo amô! Na Artcetera, nós acreditamos na ciência e esperamos que todos fiquem em segurança. E você?

Salvar